Namorando uma garota na escola

Como chegar na garota que está no colégio. Antes de se preocupar em como vai ser a sua relação com uma garota que ainda está na escola, é importante que você saiba a melhor forma de se aproximar dessa gata. Hoje em dia, as mulheres estão saindo para a balada mais cedo então não é difícil de encontrá-la em uma festa. Não ao estresse. Estes passos simples deve ajudá-lo a pedir uma garota na escola: Passos para pedir uma garota em High School. 1) Saber para pedir uma garota em High School. Conheça a menina antes de convidá-la na escola. Ver se ela realmente percebe que você antes de pedir-lhe para fora na cidade. 3) Contact Data para pedir uma garota se ela já estiver namoro Outra metodologia é fornecer para ela seus dados de contato, dizendo-lhe o seu apenas na chance que ela chega a ser única. Ir direto ao ponto: '. Jogos de Namorar na Escola no Jogos 360 online, 100% grátis. Os melhores e mais novos Jogos de Namorar na Escola, vestir, namorado, menina, escola, namorados, meninas, beijo, namorar, maquiar, beijar para jogar grátis no Jogos 360 Namoro na Escola Tuca Jogos Jogos de Namorar e Namorados Namoro na Escola No game de namoro na escola vamos brincar com uma garota que praticamente esqueceu-se de estudar e agora só quer ficar namorando, mas o que ela gosta mesmo é de roubar o namorado de suas amigas e rivais, vamos ajudá-la? Se você quer arrumar uma namorada nesta época da escola (7ª, 8ª e 9ª séries), provavelmente nem a pretendida e nem você possuem muita experiência em relacionamentos. Mas não se preocupe - para conseguir uma namorada na 'reta final' do ensino fundamental, basta flertar e fazer com que ela sinta-se especial e possa convidá-la para sair. Como Arrumar um Namorado na Escola. Arranjar um namorado na escola pode parecer uma tarefa bem confusa. Talvez você não saiba ao certo como chamar a atenção do garoto que gosta ou como sequer encontrar o garoto certo. Embora não exista uma...

Talarica de plantão

2020.09.20 19:12 agente_infiltrado Talarica de plantão

(Antes de tudo, essa história n é minha, mas eu tenho permissão para postar, e ela vai ser escrita pela minha amiga q presenciou tudo.)
Olá Luba, Luna, Luno, editores, gatas, turma e possível convidado, irei contar algumas histórias q aconteceram, todas envolvendo a "Raynara" a maior talarica q já vi, então vamos lá.
-Um dia, Carlala se apaixonou por Carlolo (desculpe a falta de criatividade), eles começaram a se aproximar, e chegaram a conclusão de q os 2 estavam apaixonados, quando estavam quase namorando, Raynara descobriu repentinamente q estava apaixonada por Carlolo, apesar de nunca terem se falado (o amor é lindo 😭❤), ela começou a conversar com Carlolo, ela falava coisas pra ele (ninguém além deles sabe o q era mas sabemos q coisa boa n era), ela ficava se exibindo pra ele, fazia chamadas de madrugada e tals, Carlala descobriu o "caso" deles, o garoto disse q n queria mais nada com a Carlala, então Raynara e ele começaram a namorar, no recreio eles ficavam conversando, se beijando, ela sentava no colo dele, rebolava... Depois de 2 semanas terminaram.
-Outra vez, Monalisa GRANDE AMIGA de Raynara começou a gostar de Anlelé, sua paixão aumentava a cada dia, a talarica então, resolveu humilhar Monalisa todo dia, fazendo ela se sentir um lixo, q n merecia Anlelé. Seu amor foi diminuindo, então Raynara foi se aproximando de Anlelé, toda chance q ela tinha de mostrar os peitos e a bunda pra ele, ela mostrava, mas ele n deu moral pra ela, sempre tentava afastar ela. Raynara diz q namorou com ele, mas nada indica isso.
-Anabele, uma manipuladora, mentirosa, entre outras coisa, é amiga de Raynara, e ela sempre foi extremamente apaixonada por Feijoao, desde q viu ele pela primeira vez, ele também é apaixonado por Anabele. Raynara, só de ouvir sua amiga falar de Feijoao já se apaixonou, mas ele e Anabele só se conheceram pq participam de um grupo de teatro, então Raynara fez o q? EXATAMENTE, ela começou a fazer teatro só pra fazer uma talaricagem, ela conseguiu, começou a namorar Feijoao, porém, se lembram q Anabele n é flor q se olhe? (Eu sei q o correto é "flor q se CHEIRE", mas ela N É FLOR Q SE OLHE E PONTO FINAL!), ela convenceu Feijoao a iludir Raynara, ela caiu q nem patinho. Raynara descobriu, e agora fica se vangloriando pra Anabele q pelo menos eles namoraram, se beijaram e tals.
-Em meados de 2014, Polly começou a gostar do Meia, n rolou nada entre eles, e ela deixou de goxtar dele, em 2015, Raynara começou a frequentar a msm escola q Polly, elas viraram amigas, e de alguma forma Raynara ficou sabendo q Polly "estava" apaixonada por Meia (contaram a fofoca direitinho 👌), em menos de 3 semanas Raynara começou a namorar com Meia, era um relacionamento estranho, eles conversavam pelo WhatsApp como um casal, mas na escola ela ficava evitando ele é tals, mas n era pq ela tinha vergonha de descobrirem q eles namoravam, na vdd ela queria deixar claro pra toda a escola q eles estavam juntos (¿¿¿), e quase toda semana Raynara perguntava pra Polly se ela estava gostando do Meia, a amiga dizia q não, e Raynara apresentava ficar trixti com isso, então ficava dizendo pra Polly q Meia era incrível, era a melhor pessoa do mundo e Blá-blá-blá. Após TRÊS anos de namoro, o relacionamento deles ia de mal a pior, toda semana eles terminavam e voltavam. Em um dos raros dias em q eles n estavam separados, Raynara, Polly e outra garota estavam fazendo um trabalho escolar, Raynara começou com um papo estranho sobre o seu namoro, até q Polly disse q n gostava do namorado da "amiga", Raynara com uma cara de decepciona e indignada começou a questionar ela sobre isso:
"Como assim vc n gosta dele?!"
"É sério isso?!"
"Vc n tá apaixonada por ele?!"
"Vc n acha ele bonito?"
"Como assim vc n quer ficar com ele?!"
Polly disse de novo q n, q n queria ficar com o namorado de Raynara, a talarica continuou com cara de decepcionada, ficou claramente triste, e ficou com cara de choro (???), a outra garota começou a consolar Raynara, dizendo coisas bizarras, como "ain, eu n penso isso", "eu nunca falei isso aí", e outras coisas, deixando claro q ela pegaria o namorado da amiga, cês tão ligado q pra CONSOLAR A AMIGA ELA DISSE Q FICARIA COM O NAMORADO DELA, e pra piorar, isso funcionou como consolo, uns 3/4 dias depois, Polly viu Raynara super feliz, ela se aproximou e Raynara disse toda alegre q havia terminado definitivamente com o Meia, no meio do papo, ela percebeu q "precisava" fingir estar trite, então fez cara de pobre coitada desolada, mas qualquer um percebia q era mentira. Depois de uns tempos Polly e outras amigas dela chegaram a conclusão de q Raynara só estava com o Meia pq ela "descobriu" q Polly era "completamente apaixonada" pelo garoto.
-Essas são as histórias mais interessantes, o resto (q eu fiquei sabendo) são simplesmente ela ficando com o chush da "amiga" msm.
submitted by agente_infiltrado to TurmaFeira [link] [comments]


2020.09.18 18:52 lucascorneo O pior aniversário

Olá Luba, editores, pessoas que estão a ver, Gatas, e qualquer forma de vida que esteja vendo esse belo vídeo, hoje vou contar a história da grande desgraça que foi meu aniversário. 
No final de 2017, eu tinha conhecido uma garota no interclasse da minha escola, ela era muito gata, querida, e muito interessante, foi paixão a primeira vista KKKKKJ. Começamos a conversar, e na outra semana a gente ficou, encaixou o beijo e foi ótimo, continuamos conversando. Em março, eu iria fazer uma festa de aniversário, e convidei alguns amigos, entre eles, a minha "namorada" e minha melhor amiga. A festa foi ótima, dançamos muito, cantamos, comemos, e fomos pra dentro. Chamei ela pro meu quarto, e começamos a se pegar, mesmo bagulho de sempre, e tava um clima ótimo. Achei o momento perfeito para pedir ela em namoro, ela aceitou, nos beijamos, foi lindo. Após isso, ela foi pro outro quarto, ( no qual estavam minha melhor amiga e uma outra garota) para contar a atual notícia. Até aí tudo bem. Namoramos mais uns 2 meses, e ela me falou que queria me contar um negócio, beleza, falei que tava livre e ela começou a escrever, ela me contou que na noite do meu aniversário, no momento que ela tinha ido contar pra minha "melhor amiga", elas tinham ficado, e eu fui traído 5 min depois de começar a namorar. Hoje em dia eu racho o bico rindo dessa história. Mas não acabou por aí, eu "desculpei" ela, e continuarmos namorando, na minha cabeça só passava uma coisa, eu precisava me vingar, não podia sair por baixo nesse negócio, até aí tudo bem, fiquei de boa e esperei o momento certo pra dar o troco Até que chegou um dia completamente triste, meu bisavô tinha morrido, e eu fui triste pro velório, chorei de mais, tava bem triste. Lá, vi minha prima, e ela tava com uma amiga, a Rainara, ela foi completamente querida, e muito compreensiva, gostei muito dela, e nos começamos a conversar. Passaram-se uma semana, e eu fui de novo pra cidade da minha bisavô, pra missa de 7 dia, e advinha quem estava lá, exato, a Rainara, e advinha o que eu fiz? Exato, fiquei com ela, dando enfim o troco na minha ex. No outro dia, contei pra ela, e esfreguei na cara dela, que eu tinha dado o troco nela. Hoje me sinto mal por ter pegado a garota numa data tal triste, e por um motivo tão ruim. Essa foi minha história, sei que faltaram alguns detalhes, mas se fosse para ler tudo, iria demorar muito tempo, te amo ❤️
submitted by lucascorneo to TurmaFeira [link] [comments]


2020.09.18 16:54 Rafa_Lima1 Fui um babaca por não cortar o mal pela raiz?

Olá Luba, turma e possível convidado. Minha história é bem grande, todavia a resumirei o máximo possível. Conheci uma garota a alguns anos atrás, na escola. Conversávamos muito e sempre fomos bem claros sobre ficarmos, porém, ambos acabamos namorando pessoas diferentes e paramos de conversar por um tempo. No entanto, anos depois, com o meu termino e dela, voltamos a nos falar e eventualmente a se relacionar. Desde o começo, deixamos claro que não passava de uma relação superficial. Nada sério. Até porque nossos términos eram recentes, e até onde eu acreditava, não queríamos qualquer apego afetivo no momento. Nesse período em que nos relacionamos; sempre a tratei MUITO bem, apresentei-a aos meus pais e amigos; pois sempre éramos vistos juntos, e eu acreditava que o mínimo que devia fazer era inseri-la em alguns de meus círculos sociais. Entretanto, certa vez, ela disse que me amava. Não demorou muito para que eu dissesse que não estava pronto para um relacionamento, e de fato não estava, pois no momento estou com foco em outras coisas. Fato é que após eu dizer isso, ela e uns amigos começaram a tirar sarro, principalmente em tom de revolta, pois não acreditavam que eu estivesse falando sério; quando vi que algo mais complexo estava vindo por parte dela, acabei optando por deixarmos de ficar, e assim fizemos. Recentemente, um garoto da cidade, no local onde ela trabalha, acabou dizendo que se sentia atraído por mim. Ela ouviu e veio me falar, não dei muita bola, até porque não sentia atração por ele e o via como amigo. Afim de curiosidade, sim, sou bissexual, e sim, ela sabia. Enfim, essas informações acabarão por ser válidas mais a frente. Dias atrás a chamei para jogar com uns amigos em comum, antes havíamos marcado de ficar após o jogo. No momento em questão, apareci com o garoto que havia dito sentir-se atraído por mim, mas como foi dito, não o via da mesma forma. Começamos a jogar; ela preferiu esperar e ficar conversando com o pessoal que não quis participar, só que durante a partida, subitamente, ela foi embora. Estranhei, pois tínhamos marcado de ficar no fim do rolê. Quando cheguei em casa a chamei no direct do Instagram, ela demonstrou raiva, mas não disse o porquê. No dia seguinte, meu amigo me chama e diz que ela estava com raiva por conta de eu ter levado o garoto que sentia-se atraído por mim. Logo, vendo que o motivo era irrelevante, pois não temos nada sério, deixei passar. Mas pelo visto ela não. Horas depois vejo que no Twitter, ela começou a soltar diversas indiretas sobre eu, e disfarçadamente, sobre o garoto. Algumas foram respondidas por ele, que não entendia o motivo, mas tentava ajuda-la. Nas publicações, era dito sobre como ela não recebia de volta a atenção que dava, como havia desperdiçado uma noite indo em um rolê e sobre como preferia estar em outro lugar, com outra pessoa, que ali. Mesmo após ler todas as coisas escritas, deixei passar. Pois acredito que se me adentrar mais, irei ocasionar coisas piores. A maioria dos meus amigos em comum a ela, dizem que estou errado por tê-la dado alguma esperança de relacionamento, mas como disse, sempre fui claro em relação ao que sentia pela mesma.
submitted by Rafa_Lima1 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.27 23:21 _Suh_55 Sou babaca por me apaixonar pelo crush da minha melhor amiga???

Olá Luba,editores,plantas e papelões e possíveis convidados,hoje estou fazendo minha primeira historia e quero saber se sou a babaca ou não.
Bem,tenho uma melhor amiga desde infância e desde que nascemos ,vamos chama-la de "a loirinha" ,e bem com o tempo eu tinhamos nos esquecido uma da outra (pois éramos crianças) então um dia minha mãe mostrou uma foto minha com a loirinha e eu decidi conversa com a mesma no outro dia na escola ,e desde então nos tornamos amigas denovo e por ai ficamos best friends ate o 7° ano ,ate que um dia a loirinha me convidou para sair pra vender trufas e empadinhas com os amigos dela,então ok ate ai td bem aceitei ir ,depois da escola fui pra casa,me troquei e minha amiga chegou em minha casa para me buscar (estava de noite,acho q umas 19:00) e eu vi um garoto lindooo ,maravilhoso do lado dela !! Vamos chama-lo de "Carls" ,mas ai ela falou "miga esse aq é meu mariduuu ,minha propriedade nao toque nele ;)" e o abraçou ,na hora me apaixonei.Depois disso td no outro dia na escola ficamos amigos eu,a loirinha e o carls ,mas eu ficava mal pra krl ver os 2 juntos e eles na vdd nao namoravam nem nada ,mas o carls meios q pegava nós 2 quando tinha a oportunidade de ficar com uma de nós 2 a sos ,e nós 2 ficávamos mal pra krl ,pq nós 2 éramos apaixonada pelo mesmo boy ,e toda noite eu e ele mandavamos mensagem um para o outro (o carls e eu) e ele ficava dando em cima de mim como eu dava em cima dele tbm!!,Eu ficava mais apaixonada ainda.Então a loirinha já sabia q eu gostava do carls e eu sentia q ela me odiava por isso ,mas ai td bem passou o tempo ai a loirinha chegou em mim e falou que gostava de outro menino que eu poderia ficar com o carls de boas (GRAVEM BEM ISSO,ELA DEU "PERMISSÃO" PRA EU FICAR COM ELE!!) e estava chegando meu aniversário de 13 anox <3 e a loirinha na casa dela falou pro carls" po ,tive uma ideia ,pra vc da um presente pra Suh,pq vc n pede ela em namoro???" então no outro dia na escola A loirinha juntou eu e o carls e tipo...JEITO SUPER ROMÂNTICO DE SE PEDIR O OUTRO EM NAMO NEEEH???Ele me pediu na quadra da escola durante meu recreio!!e falou tipo "eae quer ficar cmg??" eu fiquei super timida e LOUCA!!nao acreditando no que ouvi e eu aceitei ,claro ,se passou uma semana e chegou o dia do meu aniversário e claro, convidei a loirinha,o carls e mais um garoto q era nosso amigo ,nos divertimos ,então no outro dia quando estava indo pra escola meu amigo (vamos chama-lo de Gabi ) chegou correndo em minha direção todo ofegante falando "SUUH o carls falou q quer terminar contigo!!" eu nao acreditei nele ,claro ,pois o carls sempre me dizia q me amava...quando cheguei no portao da escola ,a loirinha chegou com o carls com a cara de quem sabe q vai da merda ,e eu ouvindo música de boas o carls chegou em minha direção e falou "quero terminar com vc" e eu fiquei em choque ...fiz um puta drama me joguei no chão e fiquei sentada e fiquei chorando ali mesmo...enquanto o carls ia com seus amiguinhos sem o minimo pingo de remorso ...e eu sai correndo feito criança no braços da conselheira da escola e contei td...
Se passou um tempo e a loirinha voltou a ficar com o carls e eu ainda nao tinha superado ele,E ela sabia q ela estar com ele me machucava pra krl ,e sofri com isso durante muito tempo vendo os 2 juntos , o carls me dava bolos quando íamos marcar de ficar juntos pra ficar com a loirinha...E eles me viam chorando e simplesmente me deram as costas e nao tavam nem ligando se aquilo me machucava ou nao ,nunca me perguntaram "Suh vc esta bem com eu e o carls juntos??" ...e o carls sempre ficava nervoso quando eu perguntava oq eles faziam sozinhos...e ele nunca me contava a vdd ,ai se passou mais uns tempinhos e eu e o carls voltamos a namorar mas ai ele me falou "mas ninguém pode saber .." e eu topei já q eu estava "cega" por ele ,passou um tempinho e ele ainda estava com a loirinha e eu ficava super CIUMENTA com aquilo!!!Ate que me cansei e decidi falar pra loirinha "Olha acho q n estou sendo sincera com vc e nem o carls,então vou te falar ,eu e ele estamos namorando escondidos de vc" ai ela ficou puta pra krl cmg e começou a me humilhar na frente da classe inteira(todos estavam olhando) e o professor fez porra NENHUMA!!apenas falou" opa vamos acalmando os animos??" e ela continuou me humilhando falando "garota PQ EU ACREDITARIA EM UM SER TAO FRACO COMO VC??VC N ACEITA NEM UMA VDD NA CARA Q EU E O CARLS GOSTAMOS UM DO OUTRO !!!VC É ASSIM PQ VC É FRACA,VC É UM LIXO!!!" me lembro de cada momento e palavras...e ela amassou um papel e atacou em minha cabeça e disse "lixo no lixo,nem dói né!!!??" Eu corri pro banheiro e fiquei chorando lá....(e pra piorar tenho crises de ansiedade) Então desde então paramos de ser amigas ...mas pensa q acabou?Ai q vem a treta meu caro Lubisco ,contei td pra minha tia q a propósito faz barraco quando é preciso!E OQ A vó da loirinha nao sabia é q a vó e minha tia já tinham brigado uma vez mt feio e minha tia q saiu com razão ,Então a loirinha "parou" de mexer cmg ...mas ela sempre manipulava todos da escola pra se afastar de mim,ate q todos os amigos q eu tinha se afastaram de mim por culpa dela q ela os manipulava espalhando coisas minha q n quero citar... Fiquei como a "louca" da escola ..ela sempre se fazia de vitima para as pessoas e me fazia sair como a vilã ..pras diretora ela dizia q eu roubava os brinquedos dela quando éramos crianças (q era mt mentira isso..)
Desde então não somos mais amigas,mt pelo contrário,todo o amor e carinho q tínhamos uma pela outra virou odio e rancor (viramos rivais) ,mas eu e o carls namoramos por mt tempo desde então quando ele se afastou dela e decidiu ficar cmg ...mas dps de quase 1 ano terminamos por causa de ciumes obsessivo do carls ...mas agr estou com outro boy mt fofo tem os mesmo gostos e personalidade <3 e estamos bem (esse ano ,e fiz 14 anos)
E aqui em casa meus pais e eu somos proibidos de citar o nome dela por acreditamos q trás "briga" pq sempre q falamos o nome dela acabamos brigando.
submitted by _Suh_55 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.15 08:04 therealilith Nice girl quase vai presa - com prints

Oii Lubisco, editores, gatas, possível convidado e turma que esta a ver.
Essa história ocorreu em 2016, na época eu estava namorando uma garota (sou lésbica) e estavamos quase completando 8 meses de namoro. Ela era o estereótipo de “nice person” e abusiva, os problemas iam desde coisas mais “”leves”” como ela me ignorar e me abandonar quando eu estava tendo crises de ansiedade/depressão na casa dela e tentar controlar a roupa que eu estava vestindo até me enforcar em um argumento.
Bem lixo né? Mas na época eu caia na baboseira de acreditar nela quando ela dizia que ela era o amor da minha vida e eu nunca encontraria alguém melhor.
Vamos para o que levou ao título dessa história: Um certo dia eu fui para a escola de vestido e uma coroa de flores, minha auto estima estava nas nuvens e todo mundo estava me elogiando. Quando as aulas acabaram ela foi me buscar na porta da escola e fomos almoçar em um restaurante ali perto, no meio da refeição ela me olha e diz “Já pode tirar isso, ta ridiculo.” e continuou comendo.
Eu fiquei em choque, terminei minha refeição e fui para casa. Pensei por um tempo até decidir que eu deveria terminar, eu não achava certo ela me tratar daquele jeito e não continuaria aceitando tudo assim.
Escrevi um texto super didático citando todos os motivos para o termino e enviei, estranhamente ela estava super calma. Ela aceitou o término e combinamos de ela me devolver meus pertences no dia seguinte.
Agora que a merda atinge o ventilador.
Fui tomar um banho super feliz e relaxada com tudo que aconteceu, mas quando sai percebi que haviam 10 ligações perdidas e 50 mensagens (algumas de texto e algumas de voz) da Carls (minha ex).
Ela estava surtando dizendo que eu era o amor da vida dela, que eu não deveria terminar, que ela era uma boa pessoa e apenas ela poderia me fazer feliz. Ela começou a perguntar o porque eu estar fazendo aquilo com ela e eu simplesmente copiei e colei o texto que eu havia mandado sobre os motivos do término e bloqueei ela no zipzop.
Enquanto eu apagava tudo relacionado a ela do meu CaraLivro ela me mandou uma mensagem no Instagram dizendo que ela ia se matar e a culpa era toda minha. Que eu era uma puta sem valor e que ela ia me assombrar pelo resto da minha vida.
Ela me explicou que tinha tomado todo o remédio de bronquite dela (um super forte que quando ela tomava um pouco ja ficava tremendo e com taquicardia) e que eu não poderia fazer nada além de me arrepender por ter terminado com alguém tão bom quanto ela.
Na hora eu travei, mas não demorou muito para meu cérebro começar a raciocinar: Ate eu me arrumar, sair de casa e ir até a estação de trem mais próxima demoraria pelo menos 30 minutos (10 para eu me arrumar + 20 até a estação), depois que eu pegasse o trem (+15 minutos) eu teria que andar até a casa dela (+30 minutos). Nisso eu ja teria perdido uma hora e quinze minutos e ela teria morrido.
Como eu estava sem dinheiro para o taxi e minha única opção demoraria mais de uma hora só me restava uma saída: Ligar para a polícia.
Liguei para a policia e expliquei que uma “amiga” minha estava tentando suicidio, passei o endereço dela, quantas pessoas estavam na casa dela no momento e outras informações necessárias. A moça do outro lado da linha agradeceu e me disse que duas viaturas estavam a caminho da casa dela e que chegariam em menos de 15 minutos.
Enquanto isso ela continuava bombardeando meu Instagram com mensagens sobre como eu me arrependeria daquilo e blábláblá.
Quando a ligação acabou ocorreu a seguinte conversa: Eu: Você está em casa né? Ela: Sim, porque? Você vai vir?? Eu sabia que você ia se arrepender!! Eu te amo!! Eu: Não não, eu não estou indo ai. Ela: Então porque perguntou?? Eu: Como você disse que ia se matar e eu não conseguiria chegar a tempo para te ajudar eu liguei para a policia e eles enviaram duas viaturas para sua casa, logo logo elas devem chegar Ela: QUE??????? PORQUE VOCÊ TEVE QUE LIGAR PRA POLICA??? VOCE TA LOCA SUA PUTA???? EU NÃO IA ME MATAR DE VERDADE Eu: Explica isso para eles :)
No final das contas, duas viaturas chegaram na casa dela, o pai deixou os policiais entrarem e ela brigou com eles, fez um barraco tão grande que quase foi presa e ainda levou um sermão (dos policiais e do pai) por fazer os caras perderem tempo indo até la.
Eu consegui meus pertences de volta, ela tentou conversar comigo algumas vezes depois disso ou me xingando ou pedindo para voltar e eu ainda fiquei com a melhor amiga dela.
Os prints:
https://imgur.com/gallery/fq2z8ZH
É isso Lubisco, moral da história: Se alguém, principalmente uma nice person, falar que vai se matar você liga pra policia
Beijo <3
submitted by therealilith to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.15 02:03 Chuchuzinhu38 A invasão na escola

Olá turma (que estão lendo e que estão vendo esse vídeo maravilindo), editores, gatas, Lubinha, papelões mortos e vivos e o espírito da minha paralisia do sono :)
sou nordestino :3
Hoje vou contar uma história mais bizarra e desnecessária que já rolou na minha antiga escola.
Quando eu estava no oitavo ano eu e meu grupinho de amigos decidimos criar um projeto para uma feira da escola que acontece uma vez por ano. Minha amiga Raíssa (vou falar o nome real dela mesmo porque eu sei que ela iria adorar aparecer no vídeo, te amo demônia ;) ) decidiu que o temo nosso projeto seria sobre Cosplays e pra seguir com o tema decidimos fazer cospobres para entrar na onda. Raíssa foi de L do Death Note e eu fui de Luffy de One Piece, e eu me esqueci dos cospobres dos outros membros do grupo. Pra resumir, fomos até que bem e ganhamos uma boa nota no final :)

Quando a feira acabou eu decidi ir embora mais cedo então eu liguei pra minha mãe e fui embora pra casa. No dia seguinte quando eu cheguei na escola tinha dois policiais no portão da escola e eu logo estranhei e minha mãe pediu pra que quando o sinal batesse eu ligasse pra ela pra eu contar o que tinha acontecido. Quando eu cheguei no meu grupinho eles falaram "cara, tu não vai acreditar no que aconteceu" aí eu curioso como eu sou eu perguntei o que tinha rolado

Basicamente um tempo depois de eu ter ido embora uma menina juntos de uns caras invadiram a escola a procura de uma outra garota, os caras estavam segurando um pedaço de madeira e um deles tinha uma pexera (vulgo facão de cortar peixe, as vezes usado pra cortar mato também) e a menina estava segurando um pedaço de vidro. Os professores mandaram todos os alunos irem pras salas e foi um alvoroço bem grande enquanto a "gangue" estava a procura da tal menina. a polícia foi acionada e a "gangue" foi presa. Quando acharam a tal sujeita, perguntaram o motivo disso tudo.

Eis aqui o tal motivo: Pelo que eu entendi, a guria da "gangue" (que vou chamar de Carls) tinha terminado com um cara (que vou chamar de Ken) e a menina da escola (que vou chamar de Rainara) começou a namorar o Ken, Carls foi tirar satisfação com Rainara via site azul (face) por ela estar namorando o Ken sendo que Carls e muito melhor e os caralho a quatro, e as duas começaram a tretar até que Carls disse que se ela não terminar com Ken ela iria até a escola para forçar isso e Rainara desafiou Carls, e resto vocês já sabem
Isso foi o assunto mais comentado da escola e Rainara levou uma suspensão por envolver a escola nisso
Quando eu contei pra minha mãe ela ficou surpresa e ainda disse "ainda bem que você saiu mais cedo"
Eu fiquei meio aliviado por ter saído mais cedo e fiquei preocupado com meus amigos que ainda estavam lá, mas por sorte nenhum deles se machucou

Enfim foi isto Lubisco e Turmitcha, essa foi a minha primeira turma feira (caso eu apareça)
Abraços Ɛ>
submitted by Chuchuzinhu38 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.14 20:29 Laih_Vieira Sou babaca por não perdoar alguém que me deixou muito mal??

Olá Luba, Editores, gatas e principalmente a turma. Vim contar a vocês uma coisa que houve comigo, e que me deixou muito mal mesmo. A história é grande, mas cheia de plots twist (escrevi certo?)
Tava eu, toda fofa na escola, até que eu soube que meu melhor amigo João Paulo (vou expor mesmo aquele corno) tava namorando uma amiga minha, Nayara (vou expor essa corna tbm, pq expor é bom kkkkkk). Quando fiquei sabendo, parabenizei, claro, ele era como um irmão pra mim, e tava feliz por ele. Na época, ela andava com uma garota que já havia feito mal pra mim (calma que piora). Brevemente mais tarde, Nayara e Carls (n vou expor a garota, pq eu perdoei ela) brigaram, consolei Carls, e fui a "única" amiga dela por umas semanas. JP estava distante já, e eu tava estranhando já, ent pensei em conversar com ele. Então bateu o sinal, e eu fui pra aula de português, logo depois eu soube que uma garota da minha sala foi vista se pegando nos corredores com um cara do nono 1 (eram três nonos, e minha sala era do sétimo). Eu fui pra educação da última aula, tava lá e plena, Nayara estava nervosa, até que eu saio, vejo o nono 1 (sala do João Paulo, que estava na aula de geografia, pertinho da quadra) passando, ent eu fui conversar com ele. Vi ele chorando, fui consolar, então soube que o casal se pegando era a Nayara e o amigo dele. Descobri que ela traiu ele, não só uma, como tbm várias vezes, e ele trouxa perdoava.
Carls me disse que Nayara me odiava pq eu e o JP éramos beeeeem próximos, tipo, muito próximos (como falei, considerava um irmão). Não via motivo pra isso, pq eu tava desenrolando com um cara da sala dele tbm (inclusive, estamos namorando hoje, e vai fazer 5 meses dia 26, bjs mô).
Então, eles terminaram. Nayara estava muito mal mesmo, já o JP tava pegando várias, inclusive, pediu pra mim apresentar uma amiga só pra devolver os chifres (claro que eu fiz isso, pq eu tinha problemas com ela, assunto pra outra turma feira). Ent eu vi que a Nayara não estava nem um pouco bem, fui piedosa e consolei, ajudei ela pra caralho, inclusive, fiz os dois voltarem, pq se n fosse por mim, João Paulo e Nayara nunca teriam voltado. Nayara me deixou de lado, me jogou como se eu fosse lixo, ou seja, ela tava me usando pra chegar nele. Uns meses dps eu aceitei, mas continuei sendo amiga dele, fora que a Nayara sempre dizia que eu queria arruinar o namoro deles, pq eu era talarica (sendo que muitas vezes, JP me deu cantada, e era apaixonado por mim), então já sabem né.
4 meses depois (era 2020 já) e o JP tava muito mal mesmo, ele tinha depressão antes, e ele tava muito mal, chateado, realmente, eu consolei claro, pq só isso q eu sirvo.... sempre ajudei ele, até que eu descobri que a Nayara tava fazendo isso com ele, pq era uma surpresa de 6 meses de namoro. Fiquei com tanta raiva, pq ele literalmente tava sendo trouxa, perdoou chifre, e ainda levou mais). Então joguei na cara dele que ela me usou, que ela era idiota, que ele não merecia ela e etc.
Ele ficou bravo, me bloqueou, defendeu ela... Nayara veio no Messenger (havia bloqueado ela no whats) me xingar, disse que realmente me usou, e que eu tinha inveja pq meu relacionamento n tinha dado certo (será mesmo bb?) Ent eu bloqueei. Ela criou um fake pra me xingar, bloqueei tbm. Praticamente me fez sentir que eu era a babaca da história, e até hoje eu penso assim, pq de certa forma, doeu muito perder ele, ele era um bom amigo, e sinceramente, sinto muita saudade, mas né, acho que me odeiam.
Conclusão, João Paulo me mandou mensagem 4 meses depois, e pediu perdão. Não aceitei, xinguei (ele me humilhou por causa dela), ele descobriu que eu tava certa, pegou ela em flagrante com outro cara.
Mas ainda sim me julgou como a babaca... me sinto mal até hoje, eu tentei alertar falando que ela não prestava...
Eis a pergunta, eu sou a babaca da história? (Caso queiram mais detalhes, eu respondo nos comentários)
submitted by Laih_Vieira to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.05 17:58 robby_dsg Forjaram prints contra mim e eu sai como errado

Caros Luba, editores, gatas, falecidos papelões, turma e possível convidado, OI! Antes de mais nada se sinta a vontade para ler isso com a voz q preferir. Um pouco de contexto: desde sempre me mudo bastante de cidade/escola, mais de escola, e moro em uma cidade consideravelmente pequena. Minha mãe tem depressão e um período da minha infância ela passou internada, sempre protegi ela com unhas e dente msm ñ demostrando pra ela... enfim vcs vao entender.
Qnd eu entrei no ensino médio (integral) eu resolvi "remodular minha pessonalidade" por causa de timidez eu tinha perdido muita oportunidade e por ser uma escola nova tentei não ser a pessoa estranha/excluida. Deu certo... fiz amigos, juntei casais, só não me apaixonei pq eu n sou muito desses. Enfim em meu grupo de amigos tinha o casal que eu juntei que eram os meus melhores amigos, um garoto que eu gostava, e mais 3 pessoas. A garota(pode chamar de Carls) se mudou no meio do ano e o casal teve que terminar. Continuamos no falando e tals. Não muito tempo depois DESCOBRI que o cara do casal (vamos chamar de LG) tava namorando outra mina(vamos chamar de LS), no começo eu não sabia q o LG e a Carls tinham terminado, então quando eu vi a Raynara e o LG se pegando achei que a Calrs tinha levado chifre.
(Essa Raynara por coincidência estudou comigo no fundamental que fui um dos períodos que eu não tava bem por causa da minha mãe. Eu me apoiei muito nela na época e ela espalhou pra sala toda que minha mãe era loca.)
Depois da cena do chifre que não foi chifre(perguntei pra Carls se eles ainda tavam namorando e ela confirmou q não) qse um mês dps LG queria que eu ficasse amg da Raynara e que ela qria fazer as pazes. Eu disse que já conhecia ela e q não era o tipo de pessoa que eu qria perto de mim. Eu achava ela muito tóxica eu só não disse isso, também não quis falar com precisão o q ela fez pq isso afetaria o julgamento dos nossos amgs sobre ela. LG insistiu um tempo dps dai eu falei "Cara na boa vc se enfia onde quiser só não me pede pra ir junto.". Dps disso ele parou de falar cmg e com o tempo todos se afastaram de mim, perguntei para o garoto que eu gostava o q tinha acontecido e ele falou para eu parar de pagar de sonsa e que eu era muito rancorosa. Uma amg minha chegou em mim no mesmo dia e me explicou, disse que não achava justo eu ficar sem saber o porquê de todos se afastarem. LG tinha mostrado prints onde eu puxava briga e ameassava a Raynara, precinando ela a terminar o namoro. Fiquei P* da vida! Essa amg me mandou os prints e analisei junto com a carls que tbm tinha sido vitima de prints forjados. Os de carls ela falava que era a ex e que ele ainda voltaria pra ela e que raynara era só um tapa buraco. Eu não tenho mais os prints pq já faz uns 4 anos que isso aconteceu, mas basicamente eram chats de Messenger, sem data nem hr, o formato dos balãozinhos estava no formato antigo, meu jeito de escrever tava diferente, tava NÍTIDO que ano era eu e muito menos a Carls. Mostrei para todos e não acreditaram em mim, então eu montei um print de Whatsapp melhor e mais bem bolado que da Raynara e mostrei para o LG os dois prints e disse que eram falsos disse que que não faria ele escolher mas que ele não poderiaĺ continuar acreditando naquilo. Ele ficou quieto e eu eu dei um murro na carteira que fez a turma dele me taxar de louca pelo resto do ano. Mostrei para o garoto que eu gostava e ele disse pra eu deixar quieto pq ele conhecia bem o LG e que ele era escravoceta e gado desde o fundamental. Eu nao desisti. A garota era de outra escola e conseguia me infernizar msm longe. Na saida da escola naquele dia Raynara foi buscar o LG e eu, TROUXA, fui "tira satisfação" com ela, falou que eu tava imaginado coisa e que eu tava ficando louca igual minha mãe. Eu não me aguentei e "voei" em cima dela, infelizmente não acertei nem um tapa pq me seguraram. Cheguei em casa fumaçando e contei o basico pra minha mãe (que a mina tinha chamado ela de louca e que eu fui pra bater nela) minha mãe me chamou de idiota e falou não fazia diferença nenhuma na vida dela quem a chamava de louca, disse também que se eu apanhasse pq comprei briga eu apanharia quando chegasse em casa. Matei uns dois dias de aula sem minha mãe saber e quando chegay na escola falaram que eu tinha tentado bater na Raynara pq ela tava grávida e que o LG era meu crush. Achei um absurdo mas eu tava cansade de manter a pessoa extrovertida por tanto tempo. Parei de almoçar na escola, tentava ficar o max longe de onde tinha muita gente. E quando me alguém me perguntava se era verdade eu não fazia questão de confirmar ou negar nada. Depois de três meses todos descobriram que a Raynara não tava gravida por*a nenhuma e que ela chifrava o LG com o professor da escola dela. Eu não voltei a falar com ninguém daquele grupinho e aos poucos me juntei a um outro mas que hoje tbm não converso com ninguem de lá.
Se tu leu até aqui obrigada! Ficou longa mas é uma historia que tem me tirado o sono pq não sei se fui Babaca msm ou foi tudo manipulação da Raynara... Enfim Beijos!
submitted by robby_dsg to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.03 01:59 jackTlantern715 Eu sou babaca por dizer para minha melhor amiga que eu só queria ficar com ela mesmo não sendo verdade?

Olá à todos do subreddit do lubxisco, inclusive o próprio Luba. Queria postar essa história no subreddit AITA mas meu inglês não é tão bom para bolar um texto inteiro, então por favor me julguem em português msm ksksks. Meu nome é K e ano passado eu conheci uma garota em um evento da minha escola, ela era um ano mais nova e foi quase que um amor à primeira vista. Eu estava apresentando um trabalho e explicando algumas reações químicas, coisas de nerd. Quando terminei e fui para meu canto ela estava lá conversando com outro amigo meu(ele conhece metade da escola), eu puxei assunto e descobri um pouco mais sobre ela, seu nome era ..... E tinha um ano à menos que eu, enfim. Continuámos conversando e cara, eu tava muito na dela, aquela vez foi a minha primeira paixão de verdade. Enfim, um dia eu perguntei se ela poderia me apresentar uma amiga dela para eu ficar(eu não sabia se ela estava afim de mim então queria ver se ela sentia ciúmes), ela me encarou e perguntou se não podia ser ela mesma, eu fiquei em shok e não consegui responder então disse que seria ruim para nossa amizade. Tempo passa e descubro que ela webnamora um garoto, e que sim, ela estava afim de mim. Eu tento dar indiretas e cantadas nela mesmo sabendo q ela webnamora. Ela recusa e simplesmente deixa de falar comigo por eu estar forçando demais. Uns dias depois eu peço desculpas para ela e voltamos a nos falar, tempo passa e ela termina com o webnamorado e fala q está apaixonada por um cara, eu pensei mano essa é minha chance. Não era, ela começou a namorar ele e eu surtei(sim fui idiota, mas eu já tinha me declarado para ela de 10 formas diferente, que por acaso foi a causa de outros rompimentos e retornos na nss suposta amizade). Ela começou a namorar e eu parei de falar com ela, tempo depois ela me chama e promete terminar com ele para ficar comigo(eu ainda estava apaixonado por ela então tanto fazia). Ela fica nessa por muito tempo sempre prometendo e etc. Um dia ela me levou para sala dela e me perguntou se a gente poderia ficar juntos e depois me beija(ela estava namorando aquele cara) Chega as férias e eu passo o tempo pensando nisso, pensei que ela já tinha terminado com ele então eu chego na escola e vou ver ela, enquanto a gente conversa ele chega e dá um presente para ela e a beija. No mesmo dia eu não aguentei e achei melhor acabar com tudo de vez(dando contexto, era uma relação tóxica que tiveram várias brigas e rompimentos entre eu e ela, mesmo não estando namorando) na saída eu falei para ela que tudo oq fiz por ela, os poemas, os presentes, os passeios, as comidas e ser gentil em geral era por que eu queria ficar com ela. Eu falei de um jeito cru, como se eu quisesse pegar ela e largar. Parte disso é verdade mas eu de fato era apaixonado por ela, mas resolvi acabar isso. Dois meses depois deacubro que o namorado dela finalmente terminou, e foi ele que terminou com ela pq descobriu que ela qria ficar com outro(no caso eu) e após isso ela começou a fazer coisas erradas, pular o muro da escola, matar aula, andar com más companhias. E agora eu me sinto culpado por isso, será que devo voltar e redimir meus erros? Devo tentar aconselhar ela? E além de tudo, fui o babaca por machucar ela dizendo que só qria usar ela para dar um pouco de diversão para mim?
submitted by jackTlantern715 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.01 17:52 Natalia_Richarde2020 O DIA QUE FUI AMEAÇADA DE MORTE PELA EX

oi luba, turma, gatas maravilhosas, papeis assassinados, editores e possível convidado (que quase nunca tem), hoje vou contar minha triste historia de como fui corna e traída por amigos. bom luba essa é a minha primeira vez participando e espero muito que goste da historia.
ps: estou repostando, pq a anterior tinha alguns detalhes faltando e alguns erros de português ( me perdoe se ainda conter alguns), mas sem delongas vamos a historia.
Eu tinha uma amiga e a gente era bem próximas no período do ginásio e aí quando fomos para o 1° ano do colégio (2015) foi quando eu conheci um menino e a gente sempre foi próximos e por mais que ele trocava de turno na escola (por conta de trabalho),mas isso não interferia nossa amizade e nessa época ele começou a namorar essa amiga minha e cara eu shippava eles pra caralho e sempre apoiava e tudo mais, mas quando foi no 3°ano do colégio (2017) eu e esse meu "amigo" ("amigo" pq eu considerava ele mais um irmão) a gente caiu na mesma sala e aí ele sempre me pedia conselhos sobre o namoro pq segundo o que ele me contava, ela era muito infantil no namoro e tinha ciúmes demais e ainda tinha ciúmes de mim e tipo sempre dei conselhos para ele conversar com ela e assim se resolverem e essa amiga minha em vez de chegar em mim e perguntar as coisas para mim, ela simplesmente mandava outras pessoas perguntar sobre minha relação com o namorado dela e bom sempre fui sincera e sempre falei que considerava ele como meu irmão e que eu e ele não tínhamos nada. Mas ela sempre vinha com as criancices e tudo mais e depois dele passar o ano todo nesse chove não molha ele pediu mais conselhos para mim sobre e eu já tinha dado vários conselhos e o namoro deles não melhorava e o mais sensato quando isso acontece é o término (principalmente quando o diálogo não funciona mais) e aí eu falei para ele que se não tinha jeito que ele terminasse com ela, pq eu não queria o meu irmão sofrendo e assim ele fez e nisso começou o inferno, pois, ele começou a ficar com uma outra amiga nossa e ela começou a xingar eu e essa menina para o colégio todo e sempre quando alguém ia tirar satisfação, bom se fingia de que não tava fazendo nada e que os outros queria envenenar ela para nó,s blz os dias foram passando e aí eu e ele começou a ficar mais próximos, pois a gente cantava no mesmo ministério e aí a gente acabou começando a ficar serio e após 1 mês e começamos a namorar e aí a ex dele veio de mimimi para o meu lado sobre ele e dizia que ele amava ela ainda e aí eu contei que a gente tava namorando e tudo mais e que ele já tinha esquecido ela e que era pra ela seguir a vida dela(maldita hora que fui falar isso) essa menina começou a nos perseguir e nesse meio tempo conheci uma menina (meu namorado que apresentou ela)e ela se tornou uma irmã e ela sempre me ajudava em tudo ( guarde essa "melhor amiga/irmã", pois ela é importante), bom essa ex dele começou a nós perseguir e me atormentar e vindo conversar comigo no whatsapp (na maioria das conversas era nós duas brigando) e vinha postando indiretas para mim (e eu como uma boa pessoa retribuía as indiretas, com outras indiretas) e nessa época eu trabalhava e meu namorado sempre ia lá e passava um tempinho lá para me ver, mas teve um dia que ela viu ele lá e foi lá e sentou do lado dele e começou a me provocar tirando fotos dele e postando com legendas fofas e logo depois ela foi na mulher que cuidava do caixa e era amiga dela (essa mulher era bem próxima minha, era quase uma mãe no trabalho, foi ela que me ensinou tudo e me ajudou com tudo sempre, ou seja ela sabia da historia e ela iria me defender e me contar) e essa garota começou a falar que eu tava atrapalhando o namoro dela com ele e falando outras coisas além disso e tentando me envenenar para ela e meio que querendo que eu perdesse meu emprego, mas essa mulher já sabia da verdade e apenas acalmou ela e falou que se ela namorasse ela o pq de quando ele caiu de moto eu que estava lá do lado dele no hospital e não ela e quem cuidou dele foi eu e não ela e outras coisas e nisso ela saiu e a mulher veio conversar comigo e falar o que ela tinha falado e nisso eu comecei a chorar e tudo mais, pois meu psicológico tava totalmente abalado e estava totalmente frustada com tudo ( e também tinha medo dessa menina fazer eu perder meu emprego, pois era meu refugio aquele trabalho e por mais que era difícil lidar com as pessoas, aquele trabalho me fazia esquecer dos problemas em casa e no pessoal) e aí passou um tempo e ela ainda estava atormentando e um certo dia ela veio falar para ele que tava grávida dele (pois eles tinha feito fuc fuc 1 mês antes da gente começar a namorar ou seja, quando a gente estava ficando serio) e aí ele veio até mim e me contou tudo e eu perdoei ele e aceitei ele mesmo tendo um filho com ela e que estaria aqui para ajudar ambos no que precisar e umas horas mais tarde ela apareceu e começou a forçar ele a terminar comigo e ele falava que não ia terminar e ela ficava insistindo e aí eu perdi a cabeça e comecei a discutir com ela no meio da praça e todos olhando (puta vergonha que passei), mas aí como eu vi que ele não estava bem parei de discutir e ele foi conversar com ela e até que conseguiu fazer ela ir em bora e ai ele decidiu não assumir a criança, porém ajudar financeiramente ela e ela não aceitava essa ajuda nossa e fazia altos dramas ( de como ia ser o filho dela sem pai presente e tudo mais) e até que um dia a gente fez ela fazer exame para a gente realmente saber se era verdade a gravidez (como ela tinha uma certa fama de destruir relacionamentos dos outros, a gente foi ter certeza se procedia a história) e aí no dia que eles marcou os exames, meu namorado ia com ela neh, porem ela não esperou ele e tirou sangue sem ele e isso aí já fez a gente suspeitar da procedência do exame (pq o laboratório não era tao confiável), mas aí passou uns dias os resultados chegaram e dizia que ela tava realmente grávida e ainda sim existia a dúvida de ser dele e ela ainda continuava infernizando a gente e aí sempre que eu pedia conselhos para aquela "amiga" minha, ela sempre falava para mim terminar com ele e nunca me apoiava e tudo mais e isso me fez ter um pulga atrás da orelha sobre fidelidade dela (mesmo ela falando que ele não fazia o tipo dela, pq ela pode estar mentindo e a fama dela não era tão boa assim, tanto que tinha vindo pessoas me alertar sobre ela) e comecei a ficar esperta, pq meu namorado sempre que a gente ia sair ele gostava de passar na casa dela e tudo mais (e também comecei a ficar alerta, quando meu cachorro avançou nela, sendo que ele é amoroso e tem teorias de que cachorro tem o sentido de descobrir que não tem boas intenções e isso já me deixou encafifada e também teve um dia que a gente foi na casa dela e eu meio que me senti excluída ) e aí um dia a gente marcou de ir eu, meu namorado e a ex dele para a gente sentar e conversar sobre e bom esse dia chegou e após muita discussão ele me escolheu e ela não queria aceitar e começou a fazer chantagem e ainda mandando indiretas para mim por celular e a gente discutia sempre no whatsapp e aí teve um dia que ele foi por um ponto final e aí ela me ameaçou de morte e tudo mais (pse ele gravou um áudio sem ela perceber e ela me ameaçava e falava que se ela não podia ficar com ele, que eu não ia ficar e que ela poderia ir pro inferno por me matar, mas ela não se importava) e quando descobri isso fique desesperada e com medo e com raiva por ele nunca por um ponto final e tudo mais e isso tava me fazendo perder muito cabelo e eu ter crises de ansiedade, pois estava aguentando essa barra toda sozinha, pois não tinha apoio de ninguém (minha mãe sabia do namoro, porém nunca fui de dividir os problemas com ela e ela amava meu namorado) e aí um dia a ex dele teve um aborto espontâneo e aí ela parou de nós infernizar (esqueci de falar que ela sempre falava que ele só está a comigo para fazer ciúmes nela e tudo mais kkkk sendo que ele odiava ela) e aí a gente começou a ter paz, porém ele começou a ficar mais distante (ele falava que eu era a que tava distante, sendo que eu sempre fazia textinho e ele sempre falava as mesmas coisa que ''ele estava surpreso e não sabia o que dizer'' e demais desculpas esfarrapadas e até gastei 150 reais em uma aliança nova, pois eu tinha perdido a outra numa viagem e cara sempre fazia surpresas eu dava 100% de mim e ele nem 50% dele e isso me deixava muito triste e insegura comigo mesma) e um dia ele foi trabalhar em uma festa e aí ele me traiu com uma outra amiga nossa e ele falou que não foi culpa dele e que a menina que tinha beijado ele e tudo mais (e eu a trouxa perdoei)(esse rolo todo foi em 2018) e aí o ano passou e faltando 2 semanas para acabar fevereiro de 2019 ele me pediu um tempo e nesse período aquela minha "amiga" começou a postar fotos com ele com legendas fofas e tudo mais e era todos os dias praticamente e aí eu me afastei dela e aí nesse período saiu o resultado do meu vestibular e eu consegui passar aonde eu queria e aí eu e meu namorado marcou de conversar e resolver o nosso namoro (pq eu tava quase indo para outra cidade por causa da faculdade) e a gente foi no dia que a gente completava 1 ano de namoro e aí ele chegou deu feliz 1 ano e aí começou a falar que me amava,mas que ele tinha medo de eu ir para outra cidade e trair ele ou conhecer alguém melhor que ele e tudo mais (sendo que qualquer babaca seria muito melhor que ele e serio eu trair ele? esses medo era pq ele era o infiel da relação)e aí ele falou que se eu queria terminar com ele e aí eu falei que seria melhor a gente terminar, pq se pra ele nosso relacionamento a distancia não ia funcionar, então para que continuar e aí ele veio me abraçou e começou a chorar, porém percebi que aquele choro não era muito verdadeiro e aí eu chorei vindo para casa, mas era um choro dele alívio e um pouco triste por ter que contar para minha mãe que a gente tinha terminado, pois como a gente terminou eu estava tranquila que eu não iria sofrer mais e assim iria para outra cidade e não precisarei conviver com aquelas pessoas e aí alguns meses após o término meu ex veio conversar e pedir desculpas por tudo que ele tinha feito e pedir uma segunda chance, pois ele tinha se arrependido de tudo (pq ele tinha namorado e essa menina tratou ele tão mal, quanto ele me tratou e aí ele se deu conta das merdas que ele fez com quem realmente amava ele e que sempre cuidou e quis seu bem), porém após esse término eu comecei a ter mais alto estima e perceber que eu merecia alguém muito melhor e que ele e aí eu naturalmente dei um fora (ele começou a falar coisas do tipo ''você fazia cursinho fora e você acha que eu não iria desconfiar de algo'', insinuando que eu tinha traído ele e eu me estressei e comecei falar e por pra fora tudo e ai ele viu o quão errado ele estava) e uns dias depois um amigo meu veio me contar que esse ex meu tinha ficado com essa "amiga" minha um pouco depois que a gente terminou e eu fui e perguntei para ele e ele me confirmou e aí eu cortei minha amizade com aquela "amiga" e aí ele queria continuar a amizade comigo e eu aceitei, porém sempre fui fria e aí ele veio reclamar que eu não era a mesma e que eu estava fria com ele e aí eu falei que depois de tudo ele queria ainda que eu fosse igual com ele e fingisse que tava tudo ok e aí ele parou de falar comigo, por atualmente eu já os perdoei e queira que ele sejam feliz, contei para minha mãe os reais motivos de eu ter terminado com ele uma semana depois de ter me mudado para outra cidade, pq eu não tinha coragem de contar cara a cara e aí lubinha atualmente eu encontrei alguém que realmente me ama e me valoriza do jeito que sou e sempre me anima e sempre está disposto a tudo por mim, tanto que foi ele que me apoio a vir contar para você essa historia (eu e ele te assiste e então sempre que a gente joga a gente usa algumas frases suas), bom lubinha tenho algumas prints das conversas e queria muito poder deixar aqui para você ver, mas não sei como faz para colocar kkkk, a já ia esquecendo de contar que essa ex namorada dele sempre tentava fazer meu amigos se virarem contra mim, porem não conseguiu e então é isso lubinha essa é minha historia de quando fui traída em um relacionamento e em amizades . bjs lubinha e obrigada por todas as noites de diversão que você me proporciona (principalmente com o quadro nice mendigos e sempre coloco eles quando estou com crise de ansiedade ou insonia, pois me ajuda a acalmar e dormir) e caso queira julgar quem foi o babaca da historia pode ficar a vontade (apesar de eu achar que todos foram kkkkk). é isso lubinha,bjs e desejo todo o sucesso do mundo para você, seus editores e turminha. então é isso bjs lubinha, amo você.
submitted by Natalia_Richarde2020 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.31 22:24 pinguim_azul sou babaca por não contar pro meu melhor amigo que eu estou namorando?

Oie, Lubinha, Gatas, papelões e turminha que está a ver.
bom, faz quase um ano que eu conheço esse cara, o Carls. No começo eu era apaixonada por ele, e ele dizia que também gostava de mim, mas nunca namoramos oficialmente. uns meses atrás eu me declarei para uma garota da escola, a Karls, e a gente começou a namorar, mas uma vez eu tentei contar pro Carls que eu já estava com a Karls, mas a gente teve uma briga e eu não consegui. Eu e a Karls não estamos mais nos falando muito que nem falávamos na escola, mas ainda conversamos as vezes (eu não tenho celular e preciso usar o facebook no pc pra conseguir falar com ela). sou a babaca por não contar pro Carls que namoro e continuar dando esperanças pra ele que a gente pode acabar namorando algum dia?
submitted by pinguim_azul to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.29 02:17 JhowneeBitch O QUE SÓ ACONTECE EM FILMES MAS INFELIZMENTE ACONTECEU COMIGO

Olá, People, Luba e quem estiver lendo. Isso aconteceu e tenho testemunhas. Aliás, essa história é contada até hoje, talvez até por pessoas das quais nem lembro mais que existam. Mas vamos lá.
Começou em 2009, eu estava no último ano do ensino fundamental, e já me reconhecia como Bissexual. Na época, eu era talvez o único aluno daquela escola que era abertamente LGBT, então, consequentemente, acabei ficando muito popular. Todo mundo sabia quem eu era e etc. Lembrando que eu era o único, então, não tinham outros Boys por quem eu pudesse ter... Um lance. Só garotas. Então eu pegava um monte de garotas. Até que comecei a namorar com uma garota que vamos chamar de "N". Eu e "N" namoramos por quatro meses e tava tudo certo. Mas dentro de mim, eu sabia que eu não tinha nada de Bissexual. Que talvez fosse só uma fachada pra eu me sentir "Menos Gay" (Se é que isso faz sentido) até que vi que eu estava certo. Então, um dia, tomei vergonha na cara e abracei minha completa homossexualidade. Eu e "N" íamos e voltávamos da escola de Perua Escolar, então estávamos juntos dentro e fora da escola. Assim que virou o ano, para 2010, e eu entrei no colegial, Tive que terminar com "N" obviamente, e explicar tudo pra ela, que eu era GAY, não BI, que não dava mais pra continuar nosso relacionamento. Ela aceitou NUMA BOA. Inclusive viramos bons amigos. O que ela não sabia, é que um dos motivos por eu ter terminado também foi porque eu estava me apaixonando por um garoto, que vamos chamar de "W". O "W" não era da mesma escola que a gente. Mas a nossa perua escolar, carregava dois grupos de alunos ao mesmo tempo, os da nossa escola, e alguns da outra (a dele, no caso). Então eu via "W" todo dia também, na ida e na volta. Mas o "W" não era gay ou bi, ou pelo menos não aparentava. Eu fui chegando na amizade... mas com segundas intenções. Até que um dia, minhas segundas intenções ficaram claras pra ele. E para minha surpresa, ele revelou que também tinha sentimentos por mim. Nos beijamos e tal, mas ele ficou muito apreensivo, e decidiu que não teríamos nenhum envolvimento. Fiquei chateado, mas fazer o que. Todo adolescente pode ter conflitos sobre sua sexualidade, então aceitei de boa e passei esse pano pra ele. Até que, no dia seguinte, ele diz que sonhou comigo, que não conseguia parar de pensar em mim e boom! Me pediu em namoro. Eu aceitei, é claro! Eu estava apaixonado e era tudo tão emocionante. Namoramos, e muito bem! Não tinha brigas, DR, ou crises de ciúmes. Brincávamos muito, fazíamos piada.. Era um namoro cheio de alegria, muita química e cumplicidade. Tínhamos os mesmos gostos... era tudo perfeito. Passaram-se alguns meses, e um dia... Ele me disse que queira terminar. Acontece que ele estava sofrendo preconceito na escola dele. Havia inclusive perdido algumas amizades quando o fato dele estar namorando com outro garoto (eu) veio à tona. Ele não conseguia suportar a pressão do preconceito. Disse inclusive que muitas pessoas na escola dele haviam parado de chamá-lo pelo nome, e o chamavam só de "Viado." Ele inclusive ficou com medo que alguém contasse tudo pra mãe dele e etc. Então, terminou comigo. Eu fiquei DEVASTADO. E pior é que eu não podia fazer nada. Não adiantou falar nem opinar, porque eu mesmo, nunca senti na pele esse tipo de preconceito. Na minha escola, todo mundo era super gentil comigo e nunca sofri nenhuma rejeição.
Alguns dias se passaram, eu só conseguia sofrer por amor. Até que, "N", lembram dela? A minha ex? Então, eles começaram a ficar muito próximos... E quando me dei conta, estavam namorando.
Algo que eu não desejaria ao meu pior inimigo, é ver DOIS EX SEU SE PEGANDO, SE BEIJANDO E SE LAMBENDO NA SUA FRENTE, DIA APÓS DIA, ainda mais apenas uma semana depois do nosso término. Estávamos todos enclausurados numa perua escolar na ida e na volta, não tinha pra onde escapar, era impossível não ver eles se agarrando. Que merda! Eu a deixei por ele, ele me deixou, e depois ficou com ela? PQP!

Mas logo eles terminaram. Eu vi minha chance, voltei a me aproximar de "W" mas ele disse que não tinha nenhuma chance de nós voltarmos. Ele ainda estava atordoado com o que ele passou na escola dele. Que agora todos estavam começando a tratar ele normalmente de novo. Eu e "N" inclusive chegamos a brigar por causa de "W", disputando o amor dele feito dois trouxas. Até que ela desistiu e eu fingi desistir, mesmo chorando quase todo dia.
O ano letivo estava acabando, eu e "W" estávamos próximos de novo, mas sem beijos, sem carícias, apenas amizade. Eu me declarei e disse o quanto o amava, ele só conseguia segurar o choro. As férias de fim de ano estavam vindo, essa era minha última chance este ano? Ele disse que queria estar comigo, mas que não estava preparado ainda. Mas que eu o havia marcado, e que ele nunca esqueceria de mim. E que usaria as férias pra pensar sobre mim e a nossa situação, que ele me daria uma resposta definitiva sobre o nosso possível futuro assim que as aulas voltassem, no ano seguinte. Sim, eu passaria as férias e a virada do ano me torturando com isso na cabeça, mas ok.

Então, a perua chegou até onde ele morava, era vez dele descer. E uma última vez, eu disse "EU TE AMO". E ele respondeu "EU TAMBÉM TE AMO" prestes a chorar, batendo a porta da perua. Aquilo foi tão dramático, tão romântico, eu me senti num filme.
Passaram as férias, finalmente chegou o primeiro dia de aula. Eu fui com uma animação tremenda, mesmo temendo a resposta que ele pudesse me dar. A perua foi passando de casa em casa, e só ia aumentando minha tensão. Até que quando passamos pela rua dele, a perua passou direto. Então perguntei pro motorista - "O W vai faltar no primeiro dia de aula?" E o motorista me respondeu "Então... Ele não vem mais. Mudou de escola, não vou mais buscar ele."

Aquilo me destruiu. Completamente. Não o vi mais depois disso, mas também nunca o esqueci. Acho que o primeiro coração partido é o que dói mais. Até que 10 anos depois, por pura ironia do destino, minha amiga "J" (que é lésbica, aliás) disse estar batendo um papo com um carinha do face que gostava muito de Star Wars, assim como ela. Quando vi quem era... Minha alma quase saiu do corpo, era ele! Eu peguei o número dele. Quando mandei um simples "Oi", ele respondeu JÁ SABENDO quem eu era, só pela foto. Não perguntou meu nome nem nada. Ele sabia. Me chamou pelo nome e tivemos uma conversa longa que durou umas 7 horas. Mas foi uma conversa puramente amigável. Ele está bem, eu estou bem (Estou Muito bem, aliás, agora entrei num novo relacionamento com um rapaz muito bom, gentil e resolvido.) Mas acho que essa conversa que tivemos foi a prova de que, o que aconteceu lá trás, nunca vai sair das nossas cabeças.
Acabou aqui? Não sei. Provavelmente sim. Mas essa foi uma página da minha vida que custou 10 anos pra fechar. Ele me deixou num "Gancho" há 10 anos atrás que atormentou todos os relacionamentos que tive desde então, sempre com medo de me afeiçoar. Mas talvez... Eu não sei.
A garota "N" está muito bem também, somos realmente bons amigos e até saímos as vezes pra tomar uma cerveja. Foi isso, muito absurdo mas romântico ao mesmo tempo. Daria um Livro Teen? Quem sabe eu escreva. "N" inclusive já até me deu permissão pra escrever um.
submitted by JhowneeBitch to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.27 09:30 mateusdotmp3 Um nerd otário? I, me, mine.

Eu já desabafei aqui uma vez há alguns dias, ainda estou aprendendo a usar o Reddit - que já amo.
Então, eu sou um cara melancólico - temperamento - de 20 anos que sofre de depressão - o que infelizmente é muito comum. Eu estava namorando até o final de Janeiro, quando a boyzinha resolveu terminar alegando que não estava satisfeita com a vida dela e que não queria me magoar, triste.
Acontece que eu sempre tive dificuldades em me relacionar com as pessoas, principalmente as garotas. Na escola eu era aquele "nerd preguiçoso", sabe aquele cara que tem um grande potencial mas não consegue dar o seu melhor? Então, esse cara sou eu.
Eu me lembro que beijei pela primeira vez aos 16 anos - beijo mesmo, não selinho - e, mesmo já tendo namorado uma garota ainda sou virgem - não que isso seja realmente um problema, eu sou católico e não me importo muito com isso.
Acontece que sempre tive um "azar" com relacionamentos, meu único namoro durou 2 meses e 2 dias e não consigo deixar de imaginar que fiz algo para que isso acontece, mesmo que ela me diga que não fiz nada.
Eu superei a boyzinha há algum tempo e acho que estou começando a gostar de outra - o que é uma problema, pois ela tem 16 anos e eu não se me sentiria à vontade em me envolver com ela. Ela é uma garota divertida, gostamos de algumas coisas em comum e eu costumo dizer que ela parece a Ramona Flowers - porque ela realmente parece kkjk.
Enfim, talvez eu só esteja carente.
Eu quero saber o que vocês acham disso.
Espero que ela não use o Reddit, amém.
Za Warudo
submitted by mateusdotmp3 to desabafos [link] [comments]


2020.07.26 06:29 papilegatili Como o Luba salvou a minha vida

Olá gatas porque elas sempre tem que ser as primeiras a ser elogiadas, luba, gatas, editores maravilhosos, turma que estar a ler ou ver e pessoas doidas que ve Luba mas não se inscreve, bom como devem ter visto sim luba me salvou, bem eu tenho 13 e dês dos meus 6 anos sofria de afefobia, eu sempre tremia e meu coração não parava de bater quando alguém chegava perto de mim, pra quem não sabe vou tentar explicar bem resumido afefobia é uma fobia que ninguém pode tocar em você e nem você pode tocar em ninguém que isso acontece mais por conta de algo que sofreu no seu passado, bem então minha mãe tinha contratado uma professora particular eu não gostava dela porque ela dizia que era bobo o que eu sentia que nem todo mundo é assim mas a minha fobia era grande e meu coração quase saia quando eu via ela, nos meu 9 anos eu ja era um pouco acostumada com a minha professora, então minha mãe decidio que ia me colocar numa escola para ver se eu conseguia me enturmar porque deixava ela triste por conta de eu não ter um amigo, no começo morri de medo quase me caquei mas eu NUNCA me caquei na calça ta depois que fui para la com o coraçao na mão ficava num cantinho tremendo, no recreio uma garota veio falar comigo e depois de 1 ano estavamos namorando (medicos ainda não afirmaram mas dizem que o amor cura a afefobia eu achava bem clichê até eu começar a namorar ela, minha namorada nunca tocou em mim sempre me respeitava mas depois de 3 meses eu a deixei me tocar foi ai que nós nos beijamos) bem quando as amigas dela descobriram começaram a espalhar pela escola algumas pessoas me olhavam com cara feia outras animadas, só para falar mesmo minha namorada sempre me ajudou para que ninguém tocasse em mim e felizmente as pessoas respeitavam, até que um dia um professor fez um comentário malicioso e horrivel sobre mim o que me fez ir para um hospital por conta de uma crise que tive, o professor foi expulso e eu perdi as esperanças fiquei trancada no quarto e parece exagero eu sei mas sai da escola que começei a voltar com as aulas particulares que sinceramente nunca me importei, 3 meses antes de eu estar postando esse vídeo eu escrevi uma carta dizendo "Mãe eu sempre te amei mais que tudo nessa vida desculpa sei que vai ficar dececionada comigo mas eu estou partindo dessa minha vida vou sempre te amar nao importa como mas vou espero que fique bem com isso boa sorte na sua vida Mãe você sempre me protegeu e me ajudou dwvo muito a você nunca se esqueça que te amo..." Obs: minha mãe foi para seu trabalho no hospital. E depois fui no whatzapp e estava escrevendo um textão para minha namorada e do lado um estilete para...você sabe pra que certo? Bem ela mandou um video antes de eu terminar de escrever do luba sobre depressão e começou a passar uns video dele e eu começei a ver e não parei depois de um tempo eu guardei o estilete e quardei o papel para nunca me esquecer o dia que o luba/minha namorada me salvou de eu me suicidar, infelizmente ainda tenho essa doença mas to melhorando muito, então obrigado Luba por me salvar mesmo sem saber haha e um beijo para quem quizer tchauu
submitted by papilegatili to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.25 05:53 mellylindja O GARANHÃO DO CORAÇÃO GRANDE

Olá Luba, editores, papelões falecidos, possível convidado e turma que está a ver. Minha história começa no início de 2017 (meu primeiro ano do ensino médio) depois de um pequeno acidente no meu primeiro mês em uma escola nova (que vou deixar essa história pra outro dia) me apaixonei por um garoto maravilhoso que nem sabia q eu existia(vou chamá-lo de Karen por que sim e combina com ele) passei o ano todo tentando conversar com ele (Karen era do segundo na época) mas nunca criava coragem. Foi em 2018 que finalmente falei com ele, nós trocamos mensagens e conversamos até abril, quando paramos completamente de nos falar. Algumas semanas depois Karen apareceu namorando (o que quebrou meu coraçãozinho kkkkk) e era com uma amiga minha (vou chamar ela de Carls) que eu não tinha muito contato na época (lembrando que agora eu estava no segundo, Karen no terceiro e Carls era da mesma sala dele). Eu sempre me senti muito bem com ele, ele fazia eu me sentir a pessoa mais especial do mundo (o que não é difícil graças a minha baixaestima) nós criamos uma intimidade muito rápido, eu sentia falta disso, então no final de 2018 resolvi tentar voltar a falar com ele, o que deu certo, nós voltamos a conversar como se não houvesse amanhã (durante a conversa fiquei sabendo que ele e a Carls haviam terminado) criamos grandes laços, mas por minha insegurança nunca aceitava os pedidos de namoro dele. 2019 novo ano, nova vida, finalmente último ano do ensino médio (o que significa que ele ja havia terminado o ensino médio) depois de muito pensar eu realmente estava preparada pra entrar em um relacionamento com Karen, ele me amava, eu amava ele, afinal de contas o que poderia dar errado, né?? Eu entrei em um curso pré-vestibular pra me preparar melhor pro inferno q viria posteriormente. Eu não conhecia ninguém naquela bagaça, tinha apenas uma amiga que estudava comigo no 3° mas ela faltava mais do que ia então eu ficava mais sozinha do que com ela, mas eu encontrei mais alguém conhecida no curso, a Carls, sim aquela amiga q namorava o Karen, conversa vem conversa vai e tocamos no nome dele, e para minha surpresa e para a de Carls eles não tinham terminado, e pensavam até em noivar naquele mesmo ano (sim, eu ia aceitar o pedido de namoro de um cara que estava quase noivando) foi o pior dia da minha vida, eu e Carls fomos tirar satisfações com ele, Karen dizia que não havia nada entre mim e ele e que ele não gostava de mim (mesmo tendo dito diversas vezes que me amava) e por mais que dissesse que não havia nada, eu tinha as conversas, e quando finalmente a ficha de Karls caiu e ele entendeu que não ia mais ficar com nenhuma das duas ele começou a ofender a mim e a Carls dizendo "vocês nem são tão bonitas assim" Ou "eu não gostava de nehuma das duas", eu sabia que não deveria ficar no fundo do poço por alguém assim, mas eu me senti usada, me senti horrível. Claro que eu e carls bloqueamos ele em tudo e cortamos contato, seguimos nossas vidas e vivemos felizes para sempre. Claro que não né, a disgraça sempre vem acompanhada. Duas semanas depois do acontecido, ele estava em frente a escola que eu frequentava, e enquanto eu descia as escadas percebi que ele abraçava e beijava outra garota, e eu curiosa que sou perguntei as amigas da garota a quanto tempo eles ficavam, elas disseram que eles não ficavam, e sim namoravam e que já fazia uns 5 ou 6 meses que namoravam, fiquei de queixo caido, se não bastasse uma ele traia a carls com duas garotas (tentamos falar com a garota mas ela não quis ouvir, ela achava que iria mudar ele). Hoje em dia eles vivem brigando e voltando, Carls está feliz com seu novo namorado q dá o devido valor a ela e eu vou morrer sozinha kkkkkkkk Bom, essa é minha história Lubisco espero que tenha gostado =30
submitted by mellylindja to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.25 04:08 pandxxgcf Fui corna várias vezes

Olá luba,turma que estar a ver,editores que eu amo,gatinhas do luba,papelões,possível convidado,oi pra todos (ja vou logo pedindo desculpas por algum erro de português)..essa é minha primeira vez aqui na turma feira,bom sem enrolações vamos lá :) Essa minha história começou em 2019 la no início do ano,conheci uma pessoa vamos chama lá de egirl,conheci a egirl na escola,nos viramos muito amigas e afins,ate q eu comecei a sentir algo a mais por ela,ate que decide me declarar pra ela,no começo só ficamos,ate que ela me pediu em namoro eu fiquei super feliz e óbvio que eu aceitei,acho que com alguns meses de namoro ela começou a ficar estranha comigo,tentei ignorar isso,até que certo dia ela me disse que iria assistir um filme com uma "amiga" (vamos chama ela de Dora) ela e a dora foram assistir o filme,eu me lembro que era ate vingadores kkhj,ela postou várias coisas fofinha nos status do whatsapp falando sobre essa Dora,eu mandei mensagem pra egirl mas ela simplesmente me ignorou,isso ficou por semana!ate na escola ela fazia isso,depois disso ela chegou comigo e conversou disse que estava namorando a Dora desde uma semana do nosso relacionamento,eu fiquei super triste chorei litros,eu estava tão apaixonada por ela que acabei indo pro hospital,depois desse acontecido a egirl e a dora resolveram assumir o relacionamento,eu acabei "superando" o que eu sentia pela egirl,elas duas namoraram durante meses,ate que um dia ela simplesmente falou pra mim que ainda me amava e queria que eu voltasse pra ela,eu burra voltei,nos só ficamos namorando durante algumas semanas,depois disso descobri que ela estava me traindo com essa mesma garota a dora,fiquei puta e muito triste,eu fiquei sem falar com ela durante meses,depois disso ela e a dora terminaram o relacionamento,certo dia essa tal de egirl mandou mensagem toda amorzinho pra mim,trocam os mensagem e voltamos a nos falar,no começo desse ano ela disse que ainda tinha sentimentos por mim,e eu de novo voltei com ela,e depois de mais meses descobri que ela estava me traindo com um guri,fiquei de novo mais uma vez sem falar com ela,e voltamos a nos falar,ela tentou voltar comigo varias vezes só que eu disse pra ela que eu não sentia mais nada por ela,ela havia me machucado muito e eu realmente gostava dela,ela simplesmente ficou muito puta comigo e virou uma nice girl disse coisas horríveis pra mim,depois de alguns dias falei para meus amigos que estava em um relacionamento serio,a egirl ficou puta comigo,nao falou comigo durante dias mais eu tbm nem liguei,ela me mandou mensagem dizendo DE NOVO que gostava de mim >>mesmo estando em um relacionamento com aquele guri<< eu disse que não,e ela meio que aceitou de boas,e hoje nos somos amigas. Foi isso luba espera que você tenha entendido esse bagunça toda kkjjkk,te amo <3
submitted by pandxxgcf to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.18 08:30 rafaspbarbie A AMANTE.

Oi genty, povo tudo vocês, Lubisco, gatitas, editores, turma, galero, convidado não por que né QUARENTENA, mds to nervouser. Essa história é a história de como eu virei a amante de um cara. Como é uma história anônima, vou mudar os nomes tudo. Se preparem pois ela é looooonga
Bom, em meados de 2016, tinha voltado a estudar na Tijolinhos (nome fictício de uma escola particular em Brotas-SP) depois de repetir de ano e tal. Lá conheci a Joséfa, que virou minha melhor amiga pra vida (ou não, né?), e desse rolê todo boa parte foi culpa dela (TÔ DE OLHO JOSÉFA). Um lindo dia na escola, tava eu lá, com vontade de fazer pipi, ou só me olhar no espelho pra ver o quão bonitona eu tava, e quando tava descendo eu vi ELE, Pablo, na sua escadinha de técnico de Wi-Fi, skksksksksks ele era lindimais (bom, eu achava né) e daí eu passei por ele, trocamos olhares bem calientes, mas ficou por isso.
Logo de noite ele me adicionou no SNAP, sim, snapchat. E trocamos muita ideia, ele era muito inteligente e a gente combinava em muitos aspectos, tava xonadinha. Depois de uns dias conversando com ele, o mesmo apareceu na escola de novo, E DAÍ QUE COMEÇA A MERDA. Estava sentada com Joséfa e comentei:
Na hora eu mandei mensagem pra ele falando um monte de coisa, que era um absurdo ele namorar e falar comigo daquela forma, insinuando coisas, falando pra gente ficar e tal e que eu seria só amiga dele a partir daquilo, AHAM.
Daí entra a parte importante da Joséfa na história. A doida nada mais nada menos me chamou pra fazer vôlei com ela, e eu fui, tinha dois horários, o das kids e dos adultos, íamos nos dois. Fomos no primeiro horário, e partimos pro segundo logo em seguida. Então tava eu lá, linda e plena mexendo no celular e daí a anta da Joséfa começa a dar risada olhando pra longe, eis que me vem à imagem de quem? PABLO. Ela já sabia que ele fazia vôlei, acho que ela queria ver o circo pegar fogo, MESMO. Ele me cumprimentou todo sem graça, mas sempre trocando olhares comigo do tipo "te quero" e eu me segurando pra não pular nele ali mesmo. A gente continuou conversando normalmente, mas havia um flerte sim, mesmo que muito inocente.
Mais pra frente, decidi chamar ele pra conversar, falar pra ele que eu estava gostando dele de verdade, combinamos de conversar depois do vôlei e ele me daria uma carona até a casa dele. A conversa foi basicamente os dois se olhando na maior vontade, eu falando que gosto dele, ele retribuindo, mas também falei que não faria nada em respeito a namorada, AHAM². Durante a conversa teve troca de carícias, muitos abraços, carinhos e olhos nos olhos. Quando íamos pro estacionamento pegar a moto dele, ele me levou para um canto escuro e tentou me beijar, mas dei um abraço porquê não tava me dando por vencida. Quando subimos na moto, ele me disse que ia passar na casa dele pra pegar o carro pois seria mais confortável pros dois (o que ia ser mais confortável hein, Sr. Pablo?!), mas que não era pra me preocupar pois não teria ninguém em casa... MAS TINHA! A família toda dele tava lá, mãe, padrasto, irmãos.. entrei lá com a maior vergonha, ainda tive que ouvir do irmão "quem é essa menina estranha?" Fui pro QUARTO dele, sentei lá na cama e fiquei um tempo ali absorvendo tudo, enquanto ouvia ele falando com a mãe sobre mim, "apenas uma amiga"... sei (foi exatamente o que a mãe dele disse, não tínhamos muita credibilidade). Fomos pra minha casa e ele tentou me beijar de novo, mas não rolou, ainda achava que não daria o gostinho pra ele.
Continuamos conversando e tendo uma relação bem inocente, e era muito bom, confesso. A gente ainda ia no vôlei, ele me dava caronas, era bem discreto e bom, como aqueles romances dos anos 50 que não havia nem beijo, o sentimento se mostrava em outras demonstrações, no carinho, no toque, nas conversas, nos olhares e era bem assim, me vendo por fora da cena, veria uma garota com cabelos aos ventos sorrindo na garupa de uma moto abraçada em um cara que a fizesse sentir o amor, o vento, borboletas no estômago uma primeira vez.
Eu, Joséfa e Pablo descobrimos que teria uma chuva de meteoros na madrugada de quarta pra quinta, nos animamos muito pra ir, mas no fim iria só eu e ele... era o que eu achava, né? (Só pra constar, não havíamos beijado ainda.) Bom, ele me buscou em casa, fomos pra casa dele buscar cobertores e nisso ele me deu uma camiseta (que eu tenho ate hoje) de unicórnio. Com isso ele me disse que umas pessoas iam junto, fiquei meio assim, mas se não tinha problema pra ele, por que teria pra mim? Só que essas pessoas eram o que? A FAMÍLIA DELE. Primos, tios, tia avó (que aliás, gostou muito de mim) muitos deles achavam que eu era a namorada dele mesmo, pois estávamos muito próximos já. Durante a chuva eu só conseguia olhar pra ele, muitas das vezes ele me fazia olhar pras estrelas (não é atoa que eu o chamo de "Sr. das estrelas"), esperando algum meteoro cair, mas eu não vi nenhum. Enquanto estávamos lá, com a família dele, a gente se acariciava, ele me dava selinhos e eu juro que podia ser só isso pro resto dos meus dias com ele, pra mim estava perfeito. Fomos embora, levamos um dos tios dele pra casa, nisso ele me pergunta se eu queria ir embora já, obviamente disse que não.
Fomos para uma parte onde dava pra olhar bem as estrelas, mas naquele dia eu tava cansada de olhar pra elas. Nós paramos o carro e, naquele momento tudo parecia em câmera lenta, de olhar um para o outro, como tirar o cinto e até na hora do (finalmente) beijo. Sim, naquele momento eu virei A Amante. O beijo foi incrível, tudo se encaixou, foi o melhor beijo da minha vida até hoje, tínhamos química, minha pele se arrepiava só dele me tocar, era tudo como um conto de fadas, só que sem a parte do príncipe encantado.
Eu vivia com ele, vivia na casa dele, assistimos vários filmes, passamos por lugares incríveis, daqueles que faziam a gente suspirar e não querer parar de olhar. Cada vez mais eu me apaixonava, ele me fez sentir coisas que eu nunca senti, me fez ver coisas que eu nunca vi, me fez me maravilhar com as coisas simples, como estrelas. Mas eu sempre ouvia dele que ele sempre era o coitado, de como a Jurema (a tal da namorada) era ruim com ele, das vezes que ela traiu ele, das vezes que ela o tratou mal, mas mal sabia Jurema o que ele fazia também, mal sabia ela o quanto eu me sentia mal por isso. Sempre coloquei na minha cabeça que não tinha motivos para trair, mas que eu me conformei com a situação, achei que, dessa vez, tava tudo bem, até porquê eu tinha ele, né?
Como o tempo, tudo se passava, ele me fazia promessas, me prometia terminar com Jurema, que seríamos felizes, ja estava enjoada de ser rotulada como A Amante, não só por mim, mas por ele, por Joséfa também (que passou vários momentos de vela entre eu e Pablo). Numa dessas fui até na casa da avó dele, joguei truco com sua família, beijei ele na frente deles, (um deles lembra de mim até hoje, fala comigo como se eu fosse a ex oficial dele kkkk). Numa outra saímos com um dos seus amigos, nesse dia descobri que a nossa música era aquela lá, a tal da Cataflor do Tiago Iorc, aquela que toda vez que ouço lembro do dia em que eu ouvi pela primeira vez. Esse tal dia estávamos eu e Pablo em sua casa quando ele recebe uma ligação do seu amigo falando que ele queria vê-lo, Pablo falou que estava com uma "amiga" e esse amigo, o Gerson, disse que tudo bem eu ir junto. Entramos no carro, cumprimentei ele, e logo ligamos o som do carro ouvindo Tiago Iorc num tom bem doce, todos cantando e, no momento que esta começou a tocar, ele segurou a minha mão e disse:
-Ok.
Nisso começa a letra, não era atoa que eu me apaixonei, um cara que disse que me daria todas as flores no mundo mas que nenhuma delas chegava a ter a beleza que eu tinha, que a natureza tentou imitar 'tamanha' beleza mas que falhou, pois não tinha como ter algo tão bonito quanto. Como eu não me apaixonaria? Eu também não sei responder essa.
Logo após um tempo, comecei a cobrar o término dele e ele sempre me dizia que era muito difícil, pois era um relacionamento muito longo (3 anos). Pois bem, um mês depois disso ele terminou, viajou pra cidade dos primos dele, foi em várias festas, beijou várias meninas e depois que voltou, me buscou em casa, fomos pra um dos "nossos" lugares, ele sentou comigo e me contou tudo, das meninas, de quem ele teria ficado, como que ele estava amando ser solteiro e tudo mais. A ficha não tinha caído, ele realmente estava solteiro, não devia mais nada à ex, mas ao mesmo tempo parecia que ele não devia nada à mim também, que o cara que falava aquelas coisas, me fazia sentir aquelas coisas e falava que era apaixonado por mim havia sumido junto com o término dele. E. ISSO. DOEU. MUITO. Ficamos naquele dia, mas eu fiquei extremamente desconfortável, cheguei em casa e chorei por horas, do tipo "será que aquele cara nunca existiu?". Nos afastamos cada vez mais, e cada dia que passava a única oportunidade de ver ele, eu não via.
Teve uma festa, a Semáforo, foram todos meus amigos, me diverti pra caralho, dancei por bosta e por fim, ele estava lá, fiquei com ele várias vezes, fiquei com a Joséfa também (pela primeira vez), demos um beijo triplo, ficamos por maior tempão juntos, até subi no colo dele quando ele tava deitado no sofá kkkk, hoje em dia isso é de boas, mas na época muita gente me julgou. Depois disso nos afastamos de vez.
Umas semanas depois, estava na aula de artes, (na qual a professora era madrasta do Pablo) quando a professora diz:
Olhei pra Joséfa na hora e fiquei muda, aquilo partiu mais ainda meu coraçãozinho. Mas o que não era pra ser, não ia ser, não é?
Bom, gente, essa foi a minha história. O Pablo continua com a Múmia, mas não adianta ter uma aliança no dedo DE NOVO, e ainda olhar pra mim com a mesma cara de apaixonado de antes, vir me seguir nas redes e ainda dar em cima de mim, TÁ PABLO??? VÊ SE APRENDE A RESPEITAR A SUA MULHER, BEIJOS.
Um beijo no core de vocês, espero que tenham gostado, xau.
submitted by rafaspbarbie to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.17 18:54 AnneSelinaTodd Aquele em que levei chifre porém...

Olá Lubinha, turma que está a ver e editores! Espero que esteja tudo bem com vocês. A minha historia se passa em 2018, eu estava no 9 ano estudando no Famigerado colégio de Freiras de PG, Medalha Milagrosa. Eu estava namorando com um menino, vamos chamar ele de JV(nota: sou bissexual, e isso vai fazer fazer sentido dps). Era meu primeiro namoro "oficial", e eu estava mto apaixonadinha, mas bem chateada, pois JV não queria oficializar nosso namoro para nossos amigos, e isso me fazia me sentir mto mal(Outra coisa é que agora vejo que eu era mais um tipo de prêmio pra ele). Nosso namoro não estava aquelas coisas, e eu estava dando tudo de mim, até um pouco minha sanidade, que também não era muita. As últimas semanas do nosso relacionamento estavam boas, até que antes de eu ir para a aula, o JV disse que tinha algo para contar para mim, mas eu não consegui carregar mais as mensagens pois a van que eu ia para a escola ja estava longe da minha casa, e já durante a aula, quando um amigo emprestou créditos, ele havia dito que: estava namorando minha amiga(chamemos ela de K) ENQUANTO ESTAVA ME NAMORANDO. Eu fiquei sem reação. Eu fui para o grupo onde tinha ele, e essa minha amiga, e mais outros amigos onde eles estavam revelando o namoro. Estava travada, tudo que eu consegui sentir era um embrulho gigantesco vindo, então sai correndo pro banheiro pra vomitar e chorar( eu sou muito fraca fisicamente e psicologicamente, e nessa época estava passando por uma fodida depressão, entt já viu). Eu não era o tipo de garota que tirava satisfação, então simplesmente fiquei """aproveitando""" minha dor de chifre. Um mês se passou, e a K me mandou mensagem, perguntando porque eu estava tão distante, se ela tinha feito algo(nota2: eu só bloqueei o menino, o resto do povo não), eu ja mais forte, tomei coragem e fui tirar satisfação com ela, fiz um textão educado, porém sério sobre aquele merda. Ela ficou chocada e muito puta da vida(ela é bem explosiva) ela detonou o garoto, ficou do meu lado e obviamente terminou com ele. Ela e eu cada vez mais nos tornamos mais amigas que antes, e atualmente, estamos namorando e sempre assistimos o seu canal💓. A "teoria" da K é que desde o início da nossa amizade, de todos no geral, ele sempre tentava pagar de bom moço, mas na verdade era um cara abusivo e tóxico, principalmente comigo e com ela, mas com as outras garotas do grupo também. Antes de namorarmos ele, quando só eramos um grupo saudável de amigos ele se vitimizava sobre o ocorrido em que ele foi chifrado por outra garota do grupo, que já nem fazia mais parte do mesmo. Fazia o típico cara amoroso e gentil, o famigerado "sonho de toda garota" mas era só uma máscara de alguem hipócrita e vazio. Ps: Eu encurtei bastante o que houve se não ficaria gigantesco a história, e infelizmente eu não tenho mais prints pq meu celular e chip antigo foram pro brejo Pss: O garoto fica ainda tentando me mandar msg no face e fica me mandando solicitação de amizade, com o rabinho entre as pernas.
submitted by AnneSelinaTodd to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.13 05:23 joo4nie Não consigo esquecer esse garoto.

Eu sempre fui uma pessoa que acaba se apegando demais nas pessoas e nesse momento isso ta me prejudicando muito.
No ano de 2019 eu entrei no ensino médio, escola nova, em um lugar novo, onde eu não conhecia absolutamente ninguém, foi meio assustador no começo, mas com o passar do tempo fui fazendo alguns amigos. Eu nunca fui uma garota de me envolver com muita gente, apesar de ser muito engraçada e conseguir me sociar bem com as pessoas, quando a questão é namoro eu sou péssima. O ano tava rolando e na escola eu não tive interesse em ninguém pq naquele momento isso não parecia importante, até que um dia quando eu estava entrando no metrô pra ir pra casa com a minha amg, me deparei com um garoto que me chamou a atenção, percebi que ele tava com o uniforme da minha escola e sem nem perceber quem ele era eu já tinha gostado dele. No outro dia fiquei procurando esse garoto pela escola toda, só que eu não conseguia me lembrar do rosto dele, pq no dia anterior ele estava de capuz, após dias e dias, eu e minha amg vimos alguém que parecia muito com ele e fomos tentar pegar o número. Óbvio que não pedimos pessoalmente, mas a gente "conhecia " um dos amigos dele, que na bio do insta tinha o número. Assim chamamos o amg dele. Foi muito engraçado pq a gente não queria falar quem éramos, ou mostrar foto nossa, só que no fim tivemos que mostrar e eu consegui o número dele. Eu demorei pra chamar pq estava com vergonha, mas no fim chamei, bem no dia do aniversário dele(mds nunca vou esquecer esse dia) papo vai papo vem, eu achei ele legal pra caramba, ele gostava das mesmas coisas e animes do que eu e talz, e depois de vários dias de ligação, na hora do intervalo ele e o amg dele vieram falar cmg e com a minha amg, foi tão constrangedor mas tão engraçado kskskkslsls, a gente riu e tals e eu percebi que já tinha um sentimento por ele. Ele pedia pra ficar cmg( indiretamente), mas como eu só tinha ficado com meninas na minha vida tava muito insegura então sempre dava uma desculpa. E assim foi, metade de 2019 a gente conversava, as vezes ia embora juntos, mas nada de ficar, kskksls parecia até um webnamoro, pq a gente se falava mais por mensagens do que pessoalmente. Até que percebi que ele começou a ficar estranho, e ele sempre perguntava se eu queria ter algo com ele só que as minhas inseguranças sempre falavam mais alto e eu sempre respondia " não tenho certeza "ou algo do tipo, só mentiras, que eu me arrependo tanto. Depois de dias dele não me responder até semanas eu decidi falar a verdade(Se declarar e tals), lembro que era uma sexta feira ( estudava de tarde) depois da escola, tava chovendo ainda eu fiquei esperando ele na estação, mas não conseguir achar ele, quando cheguei em casa mandei mensagens mas talvez seja impressão minha, pareceu que ele respondeu meio grosso. Ta final de semana passou e na segunda eu encontrei ele pela escola, mas nada, até que no final do dia minhas amgs foram pra fila pra pegar a janta e eu fiquei ali com elas, vi de canto de olho que ele e algumas pessoas estavam atrás de mim na fila. Até que eu escutei um garoto falando "Nossa vcs são tão lindos juntos. " e eu consegui ver que ele tava de mãos dadas com outra garota. Ele tava namorando. Me segurei na hora, mas depois chorei, chorei muito e estava me sentindo culpada, pq nesse tempo todo eu dei a impressão que eu estava iludindo ele, eu fui tão babaca com ele, que odio de mim.
 Tempo passou e eu fingi que tava tudo bem, fingi que superei, mas isso é uma mentira. No meio de 2020 eu troquei de número e mandei mensagem pra ele pra add o novo número, mas ele me deu block. E agora ??? Agora eu não consigo esquecer ele, vejo que a culpa é totalmente minha, e só fico querendo mudar o passado. As vezes quero tanto mandar uma mensagem, mas aí lembro q ele bloqueio kskskskks, não sei se isso é bom o ruim. Mas é isso skskks, só queria soltar isso pq eu tava segurando por muito tempo. Obrigada pras 0 pessoas que leram até aqui. E dcp por estar longo 
submitted by joo4nie to desabafos [link] [comments]


2020.07.12 08:34 littleant9 A aposta

Olá Luba, possível convidado, papelões, gatas e turma que está a ler isto.
(A história é grande mas vale a pena... eu acho)
Está história ocorreu em meados de 2019 e nos primeiros meses de 2020.
Um pouco de contexto: Em 2019 eu havia entrado em uma nova turma, eu não conhecia ninguém na época por isso eu sempre ficava no final da sala. O primeiro dia foi muito divertido, as pessoas foram super simpáticas comigo já que eu sou MUITO tímida e não consigo puxar muito assunto, umas das meninas (Vou chama-lá de Ana) foi super incrível comigo, ela era extrovertida e engraçada (as vezes), conheci várias pessoas através dela que eu considero meus melhores amigos. Nas primeiras semanas eu já estava fazendo amizade com todo mundo da sala (do meu jeito tímido de sempre, mas tava indo), e foi desse jeito que eu fiz amizade com uma garota que era uma das mais inteligente das turmas (Vou chama-lá de Ester) eu realmente ficava horas e horas conversando com ela sendo pessoalmente ou por Whatsapp, ela é incrível e muito legal.
Em Julho desse mesmo ano a nossa escola estava recebendo muitos alunos novos e um deles foi parar na minha sala (Vou chama-ló de Kaio) o primeiro dia foi "incrível" já que todo mundo decidiu zoar o menino por nenhum motivo, mas depois de algumas semanas ele já estava fazendo amizade com o pessoal da sala. E foi assim que toda a merda começou.
Nesse mesmo período, nós estávamos fazendo um trabalho de História era basicamente um filme sobre a 2° Carls Mundial e cada grupo ficaria com um acontecimento sobre. O meu grupo está todo incompleto e era obrigatório ter mais de 5 pessoas e foi ai que eu pensei: "Hum... porque não chamar o Kaio para o nosso grupo vai ser incrível". Eu e a minha amiga Ester sempre ficávamos na biblioteca lendo alguma coisa ou conversando e nesse dia o Kaio estava lá assistindo algum anime aleatório, eu estava um pouco receosa em chegar nele e pergunta se ele gostaria de entrar no nosso grupo por causa da minha timidez e ele também parecia alguém muito fechado que não gostava muito de conversar. Mas Graças a Deus ele já estava em outro grupo e não poderia participar, mas tirando isso nós três (Kaio, Ester e eu) ficamos bastante tempo conversando sobre coisas aleatórias e animes, e foi assim que começando a ficar bem próximos. Depois daquele dia sempre ficávamos conversando sobre algo aleatório, eu me divertia bastante com eles, uma vez quase levamos advertência por chegar atrasados na sala pois a conversa tava tão engraçada que nem ouvimos o sinal tocar.
Meses se passaram e já éramos bem próximos, durante este período o Kaio disse para uma das minhas amigas que ele estava gostando da Ester e queria namorar com ela, não demorou muito para Ester descobrir, mas mesmo assim ela sempre me dizia que não queria nada com ele que era apenas amizade, mas adivinha ela sempre se encontrava com ele fora da escola ou no curso que eles faziam juntos e não demorou muito para que os dois começassem a namorar. (É uma coisa que até hoje eu não entendo). Minhas amigas ficaram com um pé a trás dizendo que isso não ia durar nem um mês direito que uma hora ou outra isso ia dá muito ruim para a Ester já que os pais dela são bem reservados e não queriam que ela começasse a namorar tão cedo assim.
Mesmo com esse namoro entre o Kaio e a Ester nós nunca deixamos de nós falar, muitas vezes ela me disse que prefiria passar um tempo comigo do que com o Kaio. Em um lindo dia eu chego em casa e começo a fazer minhas coisas quando do nada eu recebo uma ligação da Ana dizendo que o Kaio e outras amigas minhas fizeram uma aposta para descobrir se eu era lésbica já que eu passava muito tempo com a namorada dele (Sim foi exatamente isso que ele falou em um áudio para uma dessas amigas), eu fiquei em choque e muito puta com ele e com uma das minhas amigas (Eles apostaram até dinheiro nisso) acho que ninguém em hipótese alguma deveria fazer esse tipo de coisa com alguém e neste período eu estava me descobrindo (Só consegui me assumir esse ano assexual/arromantica, pra facilitar não gosto de homem e nem de mulher). Depois de alguns dias eu contei isso para a Ester já que ela estava preocupada por que eu tinha me afastado de todo mundo, ela ficou muito brava com o Kaio por causa disso e de outras coisas que ele estava fazendo com ela, ela me disse que queria terminar com ele o quanto antes (Mas eles só terminaram mesmo em Janeiro de 2020 e isso aconteceu em Outubro de 2019, e eles só terminaram por que ele disse que não gostava mais dela). Eu disse a ela que mesmo eles sendo namorando eu não queria ter nenhum tipo de vínculo com ele.
Depois de tudo isso minhas amigas pediram desculpas para mim, mas o real motivo é que eu não fiquei nem um pouco brava por acharem que eu vou lésbica ou bi, mas por terem apostado dinheiro em cima disso.
E nesse ano aconteceu de novo mas dessa vez foi a última pessoa que eu esperava isso, nós passamos de ano e agora estamos no ensino médio e a Ana decidiu espalhar pra todo mundo da sala dela sobre esse boato que eu era lésbica. E sim pessoal minha mãe conversou com a mãe dela e foi a maior surra que a Ana já levou na vida dela, ela ligou pra todo mundo chorando e pedindo desculpas sobre algumas coisas que ela já falou (Ela é aquele tipo de pessoa que gosta de força casalzinho esse tipo de coisa até virar um negócio insuportável, ninguém da nossa antiga turma gostava dela). Dias depois ela me pediu desculpas pessoalmente, mas eu nunca mais falei com ela depois daquele dia.
Ps: E eu infelizmente fiquei na mesma sala que o Kaio este ano e ele nem olha na minha cara e ele sempre diz para os outros que eu destruí o namoro dele com a Ester e blá blá blá e nem a decência de pedir desculpas para mim ele teve. Mas tirando tudo isso conheci várias pessoas legais e com certeza eu vou levar elas pra vida inteira.
Fico triste em saber que amizades que eu considerava importante acabaram me magoando bastante... mas enfim é isso um beijo <3.
submitted by littleant9 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.09 07:00 SuiminUniv3rse Gelo e bullying

MiNhA PrImEiRa VeZ mimimimi
Olá nosso querido GAYmer lubixco, espititos dos papelões, gatas, possivel virtual convidado(FORA CORONGA) e creche/galera do Fundão/ chat/ TURMA q está a ver. Hoje lhes contarei provavelmente a maior troxisse( eu ainda sou novo ent n reclama) da minha vida. Luba pode fazer uma voz de mlk doente e bora lá lek.
 Gelo e bullying Lá estava eu, pleno, no quinto ano, um dos mais velhos e mais baixinhos da sala. A professora tinha ido no banheiro, e... vc sabe, quando o gato sai, os ratos fazem a festa. Eu fazia parte de um grupinho, e eu gostava de uma garota q estava no grupinho e era minha melhor amiga. E na hora q a professora saiu, todas as outras meninas do grupo vieram me dizer q a garora ( vamos chamala de Farls) gostava de mim, como eu era um idiota, tímido e falava q n gostava de ninguém, eu falei uma frase q me arrependo até hj: "Eu n ligo". No tom mais arrogante. Eu fiu pra casa me achando um idiota. 
1 ano depois...
Era o dia, eu finalmente ia me declarar, depois de ter passado as ferias inteiras pensando na Farls ( ps* eu tinho um caderno de poemas, e... adivinha, a maioria era dela). Ent eu estava na casa do meu melhor amigo, e no meio da madrugada eu escrevi uma carta, no dia seguinte nos fomos pra escola, meus outros amigos (que do 5 pro 6 ono a maioria foi embora pra outras escolas ou estados) me encheram o saco e eu mostrei a carta, pedi pra eles entregarem e não abrirem, eles n abriram, mas... A Farls ME DEU UM GELO PELO ZAP... eu fiquei triste, mas eu fingi q tava tudo bem. A mas lubixco, o pior vem agora... eu descobri q ela, a minha melhor amiga, estava namorando o cara q fazia bullying comigo. Eu fingi novamente q estava de boa, e até falei q seria muito divertido segurar a vela dela... eu sou um idiota.
Mas ent é isso lubixco, essa acaba por aqui mas ainda tenho muitas histórias pra contar, volto já.
submitted by SuiminUniv3rse to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.09 00:23 eidan_pearce sou babaca por separar dois amigos e me tornar namorado do que contei a verdade?

olá lubixco, fake cardboard,possível convidado e turma que está a ver hoje vou contar a história que aconteceu com migo
mais um dia indo pro inferno (ou se prefirir escola) e vejo uma cena,digamos peculiar meu ex-amigo beijando uma garota, mas não era a namorada dele eu fiquei assim ''mas ele n tá namorando com outra'' mas fiquei na minha outro dia indo para o inferno na terra,e vi de novo a cena ele beijando uma garota mas não era a mesma de ontem,era minha MELHOR AMIGA e eu fiquei assim "talarico de merda se ele beijar mais uma pessoa eu mato ele'' pq ele cornou minha melhor amiga e minha outra amiga,e lá fui eu de novo para o inferno e vi ele beijando não uma pessoa dessa vez DUAS pessoas eu fique assim agora o bixo vai pegar esperei o recreio e falei pra ele
eu: hoje,no recreio vai lá para trás do campinho de futball
ele: pra que
eu: quando tu chegar lá tu vai ver
(obs ele era um dos 10 valentões da escola)
mas eu faço muay thai e fui firme e forte
(no recreio)
ele com pareceu e eu já o recebi com um belo cruzado
mas ele já cai no chão e falei para ele não carna mais ninguém se não eu não ia parar de bater nele, e ele falou que ele numca mais ia fazer isso e sai
e fale para todo mundo o que ele fz e todo mundo acreditou pq sou o sertinho da sala,e nunca fui para a diretoria, mas sofria bulling e comecei a fazer muay thai e me convidaram para ser um valentão mas não aceitei pq odiava fazer bulling com outras pessoas pq eu sabia como elas iam se sentir
e depois eu falei para a principal e ela ficou triste e me abraçou e retribui o abraço pq sei como ela se sentia, depois de um mês ela se declarou para mim e eu aceitei o pedido de namoro e até a quele dia que ela me cornou e agente se separou
eai eu sou babaca?
submitted by eidan_pearce to TurmaFeira [link] [comments]


MEU DiA EM UMA ESCOLA AMERiCANA !!! ‹ Lorenzo Franco ... COMO É NAMORAR UMA BRASILEIRA? um dia na ESCOLA COREANA so para GAROTAS!! - YouTube Xavecando Garotas Japonesas nas Ruas de Tóquio no Japão AMOR DE ADOLESCENTES #21 - PAGUEI UM MENINO PARA DAR ENCIMA DA AMANDA E NAMORAR COM ELA?! ESTOU NAMORANDO UMA CRIMINOSA no ROBLOX !!! VAZOU! NOBRU ESTA NAMORANDO COM UMA LINDA GAROTA! LOUD CORINGA ASSUMI NAMORO COM LOUD BABI !? Namorando uma Mulher 2018 - YouTube ESTOU NAMORANDO UMA GAROTA QUE CONHECI NO FREE FIRE! - YouTube ESTOU NAMORANDO UMA AMERICANA DA MINHA ESCOLA ??? ‹ JonVlogs ›

4 Formas de Arrumar um Namorado na Escola - wikiHow

  1. MEU DiA EM UMA ESCOLA AMERiCANA !!! ‹ Lorenzo Franco ...
  2. COMO É NAMORAR UMA BRASILEIRA?
  3. um dia na ESCOLA COREANA so para GAROTAS!! - YouTube
  4. Xavecando Garotas Japonesas nas Ruas de Tóquio no Japão
  5. AMOR DE ADOLESCENTES #21 - PAGUEI UM MENINO PARA DAR ENCIMA DA AMANDA E NAMORAR COM ELA?!
  6. ESTOU NAMORANDO UMA CRIMINOSA no ROBLOX !!!
  7. VAZOU! NOBRU ESTA NAMORANDO COM UMA LINDA GAROTA! LOUD CORINGA ASSUMI NAMORO COM LOUD BABI !?
  8. Namorando uma Mulher 2018 - YouTube
  9. ESTOU NAMORANDO UMA GAROTA QUE CONHECI NO FREE FIRE! - YouTube
  10. ESTOU NAMORANDO UMA AMERICANA DA MINHA ESCOLA ??? ‹ JonVlogs ›

Pela primeira vez em Orlando eu fiz um vlog na minha escola americana !!! Mostrei mais o meu dia e como eh minha rotina na escola !!! Instagram: lorenzofra... meu nome É alberto, esse É meu video falando em portugues. subo video uma vez por semana. daqui a pouco vou subir videos muito legais!! ative o sininho de no... LIVES no facebook todos os dias https://goo.gl/LucCwh Nesse vídeo contei ao meu irmão gemeo que começei a namorar uma garota do sul que conheci jogando free ... ESTOU NAMORANDO UMA AMERICANA DA MINHA ESCOLA ??? ‹ JonVlogs › Jon Vlogs. ... This feature is not available right now. Please try again later. ... ESTOU NAMORANDO COM UMA AMERICANA ?? inscreva-se no canal novo filmes todos os dias amor de adolescentes #33 - a menina que meu amigo gosta entrou no meu quarto na hora que ele tava lÁ - duration: 10:34. vidoti 35,507 views ESTOU NAMORANDO UMA CRIMINOSA no ROBLOX !!! Cronosplays. ... This feature is not available right now. Please try again later. ... UMA MENINA ESTRANHA DORMIU NA MINHA CAMA no ROBLOX !! - Duration ... Xavecando Garotas Japonesas nas Ruas de Tóquio no Japão ... (Na Visão de Uma Chinesa) Ft. Lucas ... JAPÃO QUE VOCÊ NÃO SABIA 56,060 views. 10:47 🔴 Vai namorar com uma chinesa depois de ... shipper Loud Coringa e Babi esta cada vez mais perto, confira varios momentos exclusivos do casal e Aline faria responde sobre shipp com nobru ️ Vamos Bater a Meta de 10.000 LikeZão ️ ... Como e namorar uma brasileira? Onde me seguir: https://www.instagram.com/dougrnyc/ https://www.facebook.com/dougrnyc Fresh Start by Joakim Karud https://soun...